Últimas notícias

Cidade subterrânea gigante encontrada em Capadócia na Turquia

Cidade subterrânea gigante encontrada em Capadócia na Turquia
março 07
13:00 2016

Foi encontrada na região de Capadócia, na Turquia, uma cidade subterrânea gigante que pode ter servido de abrigo para milhares de pessoas em alturas de perigo na época Bizantina.

O que começou por ser uma escavação para a construção de um complexo residencial na Capadócia, a região central na Turquia, acabou por se traduzir na descoberta de uma cidade subterrânea gigante da época bizantina, onde túneis esculpidos em rocha vulcânica serpenteiam a vila. Terá servido de esconderijo para os cidadãos da região perante a ameaça de invasores, afirma a revista norte-americana National Geographic.

Descoberta por baixo de um castelo situado num monte em Nevşehir, a capital da província, a cidade subterrânea remontará ao início da época bizantina. Apesar do local ainda não ter sido muito explorado, estudos iniciais sugerem que a sua dimensão e características podem destronar a cidade de Derinkuyu, que se constitui atualmente como a maior cidade subterrânea na mesma região de Capadócia, de dimensões suficientes para abrigar cerca de 20.000 pessoas.

A Capadócia é uma região turca famosa pelas suas casas de rocha com chaminés que apelam ao fantástico, pelas igrejas acomodadas em cavernas e vilas subterrâneas escavadas pelos seus moradores há mais de dois milénios.

Em 2013, construtores encarregados de demolir casas de baixo orçamento que polvilham a zona junto ao castelo de Nevşehir, encontraram entradas para uma teia de túneis e divisões subterrâneas. Perante a descoberta, o projeto de demolição foi parado e iniciaram-se as investigações com arqueólogos e geofísicos.

Em 2014, os túneis levaram investigadores a descobrir um complexo subterrâneo com vários andares e que incluem divisões como salas de estar, cozinhas, adegas, capelas, escadas e locais para produzir óleo usado em lâmpadas para iluminar a cidade. Nessa altura, foram também descobertos alguns artefactos como tiras de couro, cruzes de pedra e de cerâmica, que indicam que a cidade foi usada desde a época bizantina até à conquista otomana, afirma a National Geographic.

Quando ameaçados por invasores, os cidadãos da vila subterrânea recuavam para dentro do complexo e bloqueavam os túneis de acesso até que o perigo passasse.

Um geofísico da Universidade de Nevşehir estima que a cidade tenha quase 460.000 metros quadrados e que os seus túneis mergulhem no solo até cerca de 113 metros de profundidade.

“Maior parque de antiguidades do mundo?”

O presidente da câmara de Capadócia, Ünver, afirmou que pretende fazer do novo complexo o maior parque de antiguidades do mundo já que esta nova descoberta “é uma nova pérola, um novo diamante, um novo ouro” para a riqueza da região, segundo a National Geographic. A atração terá hotéis de charme, galerias de arte à superfície, trilhos para caminhadas e um museu debaixo do solo.

Entretanto, o complexo residencial que se pretendia construir inicialmente na região será relocado para os subúrbios e as escavações feitas pela equipa de arqueólogos continuarão na região. “Quando a cidade subterrânea sob o castelo de Nevşehir for completamente revelada, é quase certo que mudará dramaticamente a Capadócia”, garante Murat Gülyaz, o diretor do museu de Nevşehir.

Fonte: observador.pt

Fonte: www.brasilturquia.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer