Últimas notícias

Comediante turco preso por insultar Atatürk e Rumi

Comediante turco preso por insultar Atatürk e Rumi
abril 15
14:57 2020

O comediante turco Emre Günsal foi preso sob a acusação de insultar Mustafa Kemal Atatürk, o fundador da moderna Turquia, e o famoso místico Rumi em seus shows, segundo relatos da mídia turca.

O mandado de detenção para Günsal foi emitido pelo Ministério Público de Konya, que também o acusou de insultar a província de Konya e seu povo. O comediante foi detido em Istambul e posteriormente preso na sexta-feira.

Em seus shows, Günsal fez piadas sobre os hábitos de bebida de Atatürk, bem como o relacionamento entre Rumi e seu instrutor espiritual Shams, o que implica que eles são realmente amantes.

A Lei 5816, intitulada “A Lei Relativa a Crimes Cometidos Contra Atatürk”, no Código Penal Turco (TCK), protege “a memória de Atatürk” do insulto de qualquer cidadão turco. Uma ofensa à memória de Atatürk é punida com pena de prisão de até três anos.

A liberdade de expressão é uma questão contestada na Turquia, onde dezenas de pessoas são processadas todos os dias por expressar suas opiniões sobre o governo e suas ações, bem como questões consideradas “tabus” na Turquia como Atatürk.

Fonte: Turkish comedian sent to jail for insulting Atatürk, Rumi

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer