Últimas notícias
  • Mais dois navios com grãos partem da Ucrânia, diz o Ministério da Defesa da Turquia  Mais dois navios transportando grãos que saíram dos portos do Mar Negro da Ucrânia no sábado, disse o Ministério da Defesa da Turquia, elevando para 16 o número total de navios a sair do país sob um acordo entre a ONU e a Turquia. ...
  • [ANÁLISE] Erdoğan aumenta o domínio sobre as TSK para facilitar a colaboração com regimes autoritários  O mundo está evoluindo de uma ordem mundial unipolar dominada por um único poder para um sistema político multipolar no qual mais de um poder luta pelo domínio. Na atual luta de grandes potências, o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan acredita que pode manter seu poder político aliando-se à Rússia, China e Irã. Após sua reunião bilateral com o presidente russo Vladimir Putin em Sochi em 5 de agosto, Erdoğan disse aos repórteres que Putin o havia convidado para uma reunião da Organização de Cooperação de Xangai (SCO) a ser realizada no Uzbequistão de 16 a 18 de setembro de 2022. Como o Erdoğan explica que, como presidente de um país membro da OTAN, ele possa participar de uma reunião da SCO, que reúne regimes autoritários? Qual é a conexão entre a estreita cooperação do Erdoğan com os regimes autoritários e os regulamentos que levaram ao domínio do Erdoğan sobre as Forças Armadas Turcas (TSK) após uma tentativa de golpe na Turquia em 15 de julho de 2016? ...
  • “Eles estão nos matando”: Migrantes presos em uma pequena ilha pedem ajuda A organização AGreek de direitos humanos tem chamado as autoridades para ajudar dezenas de migrantes e requerentes de asilo que dizem ter ficado presos em uma pequena ilha fluvial na fronteira entre a Grécia e a Turquia. O Conselho Grego de Refugiados disse à CBS News que o contato com o grupo foi perdido na quarta-feira depois que uma jovem entre o povo desesperado foi alegadamente morta por um escorpião esta semana. ...
  • Envolvimento da Turquia com o Afeganistão cresceu desde a tomada do Talibã Enquanto muitos países cortaram os laços diplomáticos com o Afeganistão após o retorno do Talibã ao poder no ano passado, a Turquia, o único membro da OTAN com presença diplomática no país devastado pela guerra, tem sido ativa em muitas frentes. ...
  • Menino britânico, quatro anos, desaparece depois de viajar para a Turquia com sua mãe  Um menino britânico de quatro anos foi dado como desaparecido após viajar para a Turquia com sua mãe. Acredita-se que George Jack Temperley-Wells tenha viajado de Darlington para a região de Antalya com sua mãe, Brogan Elizabeth Temperley, em 29 de junho deste ano. ...
  • 69,3% dos turcos que lutam para pagar por alimentos, diz pesquisa A maioria das pessoas na Turquia está lutando para pagar pelos alimentos, uma vez que o aumento do custo de vida está afetando sua renda, informou a Turkish Minute, citando os resultados de uma pesquisa realizada pelo Centro de Pesquisa Social Yöneylem. ...
  • Turquia acatou a sentença do TEDH sobre Kavala, argumenta o ministro da justiça Ao contrário do que o Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) disse em um julgamento no mês passado, o ministro da justiça da Turquia, Bekir Bozdağ, argumentou que os tribunais...
  • Navio com grãos ucranianos recusados pelo Líbano atraca na Turquia Um navio com milho ucraniano, anteriormente rejeitado por um comprador no Líbano devido a "violação das condições de entrega" atracou no porto de Mersin, na Turquia. ...
  • Bancos turcos adotando o sistema de pagamentos russo Cinco bancos turcos assumiram o sistema de pagamentos russo conhecido como Mir, disse no sábado o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan, após suas conversas com o presidente Vladimir Putin no resort do Mar Negro de Sochi.  ...
  • Putin tem a chave para a reeleição de Erdoğan, diz o analista russo O contínuo apoio político e financeiro do presidente russo Vladimir Putin é necessário para que o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan ganhe a reeleição no próximo ano, disse um importante analista russo na segunda-feira, refletindo sobre uma reunião entre eles em Sochi, Rússia, que gerou alarme nas capitais ocidentais. ...

Culinária de “Salve Jorge” foi parar em livro

Culinária de “Salve Jorge” foi parar em livro
março 02
17:58 2016

Professora de culinária turca, Beril Eraydin Athayde reúne as receitas típicas do país. Ela se mudou para cá em 1999, apaixonada por um carioca que ela conheceu durante o mestrado em Londres, sempre presta consultoria quando o assunto é o seu país de origem.

Com o elenco de “Salve Jorge” não foi diferente: lá estava Beril ensinando atrizes como Zezé Polessa, Tania Khalill e Betty Gofman a cozinhar os pratos típicos da região. Do workshop para as globais, surgiu a ideia de reunir as receitas em um livro (“Os Temperos da Cozinha Turca”, da editora Addresses), o primeiro de culinária turca escrito no Brasil:

– Quando surge um assunto ligado à Turquia, as pessoas logo me acham. Até na Copa fizeram matéria comigo e com o meu marido num jogo entre as nossas seleções. Na verdade, isso acontece porque tem muito pouco turco no Brasil. Muita gente acha que é descendente de turco, mas na verdade é de sírio, libanês, egípcio..

A confusão surge também na culinária, já que os pratos árabes e turcos sofreram mútuas influências, principalmente durante o período do Império Otomano. Foi nesta época que a cozinha turca, segundo Beril, começou a ficar importante, com os chefs – que sequer eram chamados como tal – dentro dos palácios se especializando em massas e sobremesas para servir a imperadores, mulheres do harém e pessoas que estavam trabalhando.

– Há muitas similaridades até mesmo com a comida grega, país que também fez parte do Império Otomano – conta Beril, que uma vez por ano vai à Turquia visitar sua família e comprar produtos para as suas lojas Origens Objetos do Mundo, de produtos artesanais.

Entre os ingredientes mais comuns nos pratos turcos são arroz, azeite, folha de uva, berinjela, iogurte, peixe e carne de vitela ou de ovelha. O Kebab, esclarece Beril, é sim um prato típico, mas com variações regionais.

– É uma das culinárias mais ricas do mundo – define ela.

Há, claro, ingredientes difíceis de se encontrar por aqui. Mas, Beril teve o cuidado de dedicar um capítulo de correspondência com os produtos disponíveis em nossas feiras e mercados. Segundo ela, as especiarias estão entre os itens mais difíceis de se achar. No livro, no entanto, só entraram as receitas possíveis de fazer com o que temos no Brasil. Mas, ainda assim, alerta Beril, é preciso ter cuidado com os produtos que podem confundir:

– O pimentão verde daqui é gigante. O de lá é menor. Se você for fazer uma receita com um pimentão grande pode não dar certo. Nesses casos, indico procurar um tamanho menor.

O livro traz mais de 50 receitas que foram transmitidas a Beril por sua avó e por sua mãe. Sempre que ela sentia falta da comida da família, ligava para as duas perguntando como fazer isso ou aquilo. E assim foi aprendendo. A cobrança dos amigos também foi um estímulo para ela começar a encarar o fogão tentando reproduzir o ravióli turco e o folheado de batata e carne moída, dois de seus pratos preferidos.

– Quero passar essa tradição para as minhas duas filhas. O livro é um legado que deixo para elas, que poderão fazer as comidas para as suas amigas, já que todos os pratos foram aprovados por brasileiros. Isso é importante porque tem comidas que só são apreciadas por pessoas que estão inseridas naquela cultura – diz ela, que adora a culinária brasileira, mas admite que ainda não conseguiu gostar de feijoada.

Mais:Aprenda a fazer o prato turco“Barriga Partida”

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer