Últimas notícias

Carinho dos turcos residentes no Brasil na despedida do Alex

Carinho dos turcos residentes no Brasil na despedida do Alex
Março 07
13:08 2016

A noite foi para reverenciar Alex no Allianz Parque. O meio-campista, que se despediu dos gramados com a camisa do Coritiba ao fim de 2014, teve sua despedida oficial do Palmeiras na noite deste sábado. Com lances geniais que deixaram os torcedores com um saudosismo latente, o craque ainda viu a equipe em que jogou, o Palmeiras de 1999, vencer de virada os Amigos de Alex por 5 a 3. O homenageado fez dois gols, deu canetas, lançamentos e também viu Evair dar show. Quanta lenda!

Apesar de o Allianz Parque não estar lotado, os torcedores que acompanharam a partida foram reverenciados com momentos de extrema categoria. Tuncay, atacante turco do time de Amigos do Alex, fez os dois primeiros gols, o segundo um golaço espetacular de calcanhar após linda tabela com o colombiano Aristizábal. E Alex? Além de toques geniais na bola, fez dois gols para o Palmeiras no primeiro tempo, um deles um golaço no ângulo.

Com muitos jogadores fora de forma e acima de peso, o jogo, obviamente, ficou mais marcado pela emoção do que pela técnica dos astros em campo. Denílson e Marcos eram responsáveis por lances descontraídos que arrancavam aplausos dos torcedores – o meia inclusive brincou ao discutir com o juiz Sálvio Spínola.

Evair também deu seu show: ao fazer gol anulado, foi para uma das escadas do estádio sem alambrado receber abraços da torcida. O ídolo ficou revoltado com a anulação do gol e até tirou a camisa em protesto. Pouco depois, marcou um válido e foi de novo para os braços da galera, ao lado de Euller e Cléber. Ainda deu passe genial para Edmundo, com categoria, virar o jogo para 4 a 3. Para fechar, Ademir da Guia, de três dedos em cobrança de pênalti. É só mito…

Homenagens a Alex

Antes do jogo, Alex teve o seu momento especial, O meia esperou nos vestiários e só entrou após os dois times aparecerem em campo. Então, houve a – obviamente, longa – lista de feitos da carreira do jogador, que entrou junto aos três filhos. Em campo, foi ovacionado pelos torcedores e recebeu, de Paulo Nobre, uma placa pelos serviços prestados. Também ganhou uma chuteira. As homenagens atrasaram o início do jogo em mais de 15 minutos.

Durante o jogo, o árbitro Sálvio Spínola chegou a escrever Alex com o spray, antes de uma cobrança de falta do atleta. No fim do jogo, sobrou ovo na cabeça do meia. Mas calma, que não era nenhum protesto. É que após Galeano levar “chuva de ovos e farinha” pelo aniversário, um deles sobrou no homenageado do dia…

Foi absurdo o número de craques que pisaram no Allianz Parque neste sábado. Houve jogadores nacionais e internacionais que participaram da homenagem para Alex e deram saudosismo ao torcedor palmeirense. No banco, ainda tinham técnicos de luxo: Felipão no Palmeiras de 1999 e Zico nos Amigos de Alex. Confira a lista com a maioria dos craques abaixo:

Palmeiras 1999: Júnior Baiano, Oséas, Marcos, Evair, Roque Júnior, Cléber, Neném, Rubens Junior, Edmundo, Euller, Paulo Nunes, Galeano, Velloso, Ademir da Guia, Júnior, Zinho, Pedrinho, Agnaldo, Sérgio…

Amigos do Alex: Rustu, Maurinho, Paulo Miranda, Leonardo, Sorin, Fabiano, Mozart, Denílson, Aristizábal, Tuncay, Amoroso, Djalminha, Fábio Costa, Athirson, Marco Aurélio, Tcheco…

Jogo até para turco ver

Alex é rei na Turquia, onde atuou por oito anos pelo Fernabahçe. Na despedida do brasileiro neste sábado, houve até torcedores turcos no Allianz Parque. Com bandeiras do país, os fãs aproveitaram para ver pela última vez o ídolo. Alex eterno!

Fonte da notícia: esportes.terra.com.br 


Fonte da foto: Site Oficial do Allianz Parque


Divulgação.

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Mailer