Últimas notícias

Lei permite demissão de acadêmicos por “propaganda terrorista” na Turquia

Lei permite demissão de acadêmicos por “propaganda terrorista” na Turquia
abril 15
16:20 2020

O Comitê Nacional de Educação do parlamento turco aprovou um projeto de lei que prevê a demissão de funcionários acadêmicos das universidades por “disseminarem propaganda terrorista”, informou o site de notícias T24 na segunda-feira.

De acordo com o projeto de lei, que alterará a lei no Conselho de Educação Superior (YÖK) do país, os conselhos disciplinares a serem presididos pelos vice-reitores das universidades poderão expulsar os acadêmicos que considerem terem cometido atos designados.

“Divulgar propaganda em nome de organizações terroristas, alinhar-se com essas organizações na prática ou auxiliá-las, usando recursos públicos em apoio a essas organizações” foram listadas no projeto de lei como motivos de demissão.

O projeto foi aprovado pelo comitê, apesar das objeções levantadas por vários deputados da oposição que consideraram o termo “propaganda” muito vago. Espera-se que seja debatido pela assembleia geral como a última etapa do processo legislativo.

O governo turco realizou uma extensa expulsão de estudiosos após um golpe fracassado em julho de 2016, demitindo sumariamente mais de 6.000 acadêmicos por meio de sucessivos decretos de emergência.

O expurgo incluiu centenas de acadêmicos que assinaram uma declaração de paz em janeiro de 2016 que pedia o fim da violência estatal contra os curdos do país.

As leis antiterror da Turquia são frequentemente criticadas por grupos de direitos humanos e observadores internacionais por serem muito vagas e permitirem processar indivíduos por atos não violentos.

Fonte: Turkey working on bill allowing dismissal of academics for ‘terrorist propaganda’

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer