Últimas notícias

27 estudantes são presos por protestarem contra operação em Afrin

27 estudantes são presos por protestarem contra operação em Afrin
fevereiro 04
12:41 2020

Um tribunal de Istambul proferiu sentenças de prisão a 27 estudantes da prestigiada Universidade Boğaziçi da Turquia por acusações de terrorismo devido a um protesto contra uma operação militar turca na região de Afrin, na Síria, segundo relatos da mídia turca.

Trinta estudantes foram julgados, três dos quais foram absolvidos enquanto 27 foram condenados e sentenciados a 10 meses de prisão sob a acusação de disseminar propaganda terrorista. Vinte das sentenças foram suspensas na última audiência perante o 32º Tribunal Penal de Istambul na sexta-feira.

O protesto ocorreu em março de 2018, quando um grupo de estudantes da Universidade Boğaziçi de Istambul realizou uma manifestação em apoio à ofensiva da Turquia contra a milícia das Unidades de Proteção do Povo Curdo da Síria (YPG) na região de Afrin, no norte da Síria, e também distribuiu doces turcos no campus.

Um grupo rival de estudantes encenou uma contra-manifestação com uma faixa que dizia “Invasão, massacre não pode ser marcado com doce”, levando o Presidente Recep Tayyip Erdoğan a chamá-los de “terroristas” e autoridades para iniciar uma investigação.

Os promotores que indiciaram os estudantes disseram que agiram de acordo com os militantes curdos e tentaram “retratar a República da Turquia e as Forças Armadas turcas como forças que estavam invadindo e usando a violência e, portanto, realizando ações ilegítimas na região”.

Fonte: 27 students get jail sentences for protesting Turkish military operation in Afrin

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer