Últimas notícias

Trabalhadores parados na Turquia em risco de ficarem desamparados

Trabalhadores parados na Turquia em risco de ficarem desamparados
abril 15
16:53 2020

Inúmeros trabalhadores diários turcos correm o risco de ficarem de fora do seguro social que está sendo montada para auxiliar os que estão parados devido ao surto de coronavírus, informou a Reuters.

Os casos de COVID-19 na Turquia aumentaram para mais de 60.000, com quase 1.300 mortes, provocando restrições que forçaram as empresas a abrir mão ou demitir milhões de funcionários contratados. O governo prometeu pagar uma quantia igual a sua renda ou pagar-lhes pequenas quantias diárias.

No entanto, trabalhadores que trabalham com diárias, como faxineiros, barbeiros, pequenos varejistas e motoristas de ônibus – que o principal partido da oposição diz que chegam a 2 milhões – estão em sua maior parte sem cobertura por essas medidas.

As autoridades dizem que mais apoio está em andamento, mas o estado também está ficando sem dinheiro disponível de imediato.

A Turquia tem uma dívida externa pesada de US$170 bilhões que vence neste ano, e o apoio financeiro das reservas líquidas de moeda forte do banco central caiu para um nível mínimo de US $ 27 bilhões em 11 meses.

“O risco de uma crise aguda da balança de pagamentos foi ampliado pelo surto de coronavírus, como ilustrado por uma aceleração na saída de capitais e na diminuição das reservas cambiais nas contas públicas da Turquia”, disse Moody.

Se o financiamento não for encontrado e o surto se prolongar até o final do ano, a Turquia pode – no pior cenário da agência de classificação – deixar de pagar algumas dívidas e cair na repetição da crise cambial de 2018.

A Moody’s e muitos analistas financeiros também estão considerando os possíveis controles de capital como uma opção de última hora para aproveitar alguns dos quase US $ 200 bilhões em depósitos em moeda estrangeira mantidos pelos habitantes locais.

O governo do presidente Recep Tayyip Erdoğan, que redigiu um projeto de lei para proibir temporariamente as demissões, diz que 2 milhões de turcos solicitaram um pagamento adicional e cerca de 4,4 milhões de famílias de baixa renda receberão dinheiro.

Essa quantia cobrirá os trabalhadores empregados por empresas sob o programa de apoio, mas a maioria – que está sendo forçada a ficar em casa sob as restrições atuais – não se enquadra nessa categoria.

Fonte: Turkey’s idled day workers at risk of slipping through coronavirus safety net: report

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer