Últimas notícias

Jornalistas pedem a libertação de colegas presos em meio ao surto de COVID-19

Jornalistas pedem a libertação de colegas presos em meio ao surto de COVID-19
abril 07
17:12 2020

Um grupo de jornalistas na Turquia que se reuniram sob o nome de “Haberin Var Mı İnsiyatifi” (Iniciativa Você Sabia?) Instou as autoridades turcas a tomar medidas para a libertação da prisão de seus colegas presos em meio à nova pandemia de coronavírus, informou o site de notícias tr724.

O Comitê de Justiça do Parlamento turco aprovou no sábado um projeto de lei que permitirá a libertação de até 100.000 presos das prisões superlotadas da Turquia devido ao surto de COVID-19; no entanto, exclui pessoas que foram presas sob acusações de terrorismo, incluindo os mais de 100 jornalistas presos no país.

Os jornalistas da iniciativa se reuniram para uma reunião on-line porque não podem se encontrar pessoalmente devido à pandemia e pediram liberdade aos jornalistas presos antes de serem infectados pelo novo coronavírus. “Mesmo se ficarmos em casa, não ficaremos em silêncio”, disseram eles.

Eles também lançaram uma campanha nas mídias sociais com a hashtag “Que os jornalistas sejam libertos”.

O projeto será submetido a votação na assembléia geral na terça-feira.

Atualmente, as 359 prisões da Turquia estão operando com 127% da capacidade. De acordo com as estimativas mais recentes, existem mais de 100 jornalistas nas prisões da Turquia, 257.000 detentos que foram condenados por um crime e 43.000 outros sob prisão preventiva.

Dezenas de jornalistas foram presos na Turquia após um golpe fracassado em julho de 2016, após o qual o governo turco lançou uma repressão maciça a cidadãos não-leais sob o pretexto de uma luta anti-golpe.

Fonte: Journalists call for release of jailed colleagues in wake of COVID-19 outbreak

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer