Últimas notícias

Padre assírio é indiciado por terrorismo

Padre assírio é indiciado por terrorismo
fevereiro 13
13:54 2020

Um promotor turco elaborou uma acusação contra Sefer (Aho) Bileçen, um padre assírio que foi preso e libertado a espera de julgamento, em janeiro, acusando-o de pertencer a um grupo terrorista, informou o site de notícias Gazete Karınca.

O indiciamento incluiu acusações baseadas no testemunho de um informante e um relatório da gendarmeria de 2018, alegando que o mosteiro de Bileçen foi visitado por supostos membros de grupos terroristas.

Durante os quatro dias de prisão em janeiro, Bileçen havia sido interrogado sobre as alegações.

Embora ele não tenha negado as alegações de que ofereceu comida aos militantes, ele insistiu que só o fazia como um requisito de sua fé, e não como uma motivação para ajudar o grupo.

A acusação do promotor, por outro lado, apontou que o padre não denunciou os militantes à polícia, afirmando que sua declaração deixa claro que estava ciente da identidade dos visitantes.

O mosteiro de Bileçen está localizado no sudeste predominantemente curdo do país, que há décadas é palco de confrontos armados entre forças de segurança e o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

Os assírios são um grupo cristão autóctone que foi vítima de massacres e deslocamentos forçados no início do século 20, no que hoje é reconhecido por muitos como genocídio.

Fonte: Turkish prosecutor indicts Assyrian priest on terrorism charges

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer