Últimas notícias

Menino sírio decapitado na Turquia

Menino sírio decapitado na Turquia
março 29
17:07 2016

Fahri Ali, de 13 anos de idade, foi brutalmente decapitado na província de Gaziantep por se recusar a dar 17 dólares (50 liras turcas), foi enterrado no dia 27 de março.

O filho de uma família de turcomenos sírios, Fahri Ali, estava trabalhando como um aprendiz em uma assistência técnica com um salário de 68 dólares.

Um presidiário viciado em drogas Cengiz P., que tinha acabado de ser solto, veio à assistência e perguntou a Ali qual era a sua renda semanal. Quando Ali recusou responder, Cengiz então, dizem, levou o menino para trás do lugar e cortou sua garganta.

Moradores do local encontraram o corpo do menino sem a cabeça e chamaram a polícia. Os moradores também contaram à polícia que viram Cengiz enquanto fugiam da cena do crime.

O autor do crime, Cengiz P. confessou-se culpado depois de ter sido capturado pela polícia com a suposta arma do assassinato. Ele disse que tinha atirado a cabeça de Ali em um poço antes de fugir da cena do crime.

Após a autópsia, Fahri Ali foi enterrado depois que sua cabeça foi retirada do poço.

Mais de 2.200.000 milhões de sírios fugiram da guerra civil, que já dura cinco anos, para a Turquia, junto com cerca de 300.000 iraquianos.

A província turca de Gaziantep, que fica ao sul, perto da fronteira síria, abriga mais de 350.000 refugiados sírios. O chefe da Câmara de Comércio de Gaziantep Eyup Bartik disse que os refugiados sírios impulsionaram a economia local. Os sírios já possuem um total de 614 negócios na cidade, principalmente no setor de plásticos, têxteis, calçados e de logística.

Traduzido por: Renato José Lima Trevisan

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer