Últimas notícias

Erdoğan apresenta segunda queixa sobre reivindicações da oposição de assassinatos políticos

Erdoğan apresenta segunda queixa sobre reivindicações da oposição de assassinatos políticos
outubro 28
18:01 2021

O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan apresentou uma segunda reclamação em relação a reivindicações recentemente expressas por figuras importantes da oposição de que assassinatos políticos podem ocorrer na Turquia à medida que as eleições de 2023 se aproximam, informou o diário Birgün na quinta-feira. 

Na queixa apresentada pelo advogado Hüseyin Aydın ao Ministério Público Chefe de Ancara, Erdoğan solicitou que o líder do Partido Republicano do Povo (CHP) da principal oposição, Kemal Erdoğan, fosse obrigado a testemunhar a respeito das reivindicações, escreveu na quinta-feira o colunista pró-governo Abdulkadir Selvi. 

As reivindicações foram inicialmente expressas por Kılıçdaroğlu, que em 7 de outubro disse aos repórteres que os assassinatos políticos podem ocorrer na Turquia, pois Erdoğan queria realizar as eleições de 2023 em um ambiente de alta tensão. 

Uma investigação ex officio havia sido lançada no início deste mês pelo Ministério Público de Ancara sobre as declarações do Kılıçdaroğlu sobre a probabilidade de ocorrerem assassinatos políticos em breve na Turquia. 

O Ministro do Interior, Süleyman Soylu, disse que nem a Organização Nacional de Inteligência (MİT) nem o Departamento de Polícia Nacional tinham qualquer informação sobre a probabilidade de assassinatos políticos previstos para acontecer em breve. 

Selvi argumentou que ao invés de tomar uma posição defensiva, o Presidente Erdoğan optou por responder a todas as reivindicações de Kılıçdaroğlu e exigiu que Kılıçdaroğlu fosse consultado para lançar luz sobre as reivindicações de assassinatos políticos. “Isto é um desafio”, escreveu Selvi. 

A queixa dizia que Kılıçdaroğlu havia argumentado que as reivindicações de assassinatos políticos se baseavam em certas declarações do presidente e que ele apresentaria suas declarações ao Ministério Público Principal depois que Erdoğan prestasse testemunho. 

“É uma exigência legal para o Kılıçdaroğlu compartilhar qualquer conhecimento ou documentos que ele possa ter com as autoridades sem nenhum compromisso”, disse ele. 

As preocupações do Kılıçdaroğlu foram baseadas nas recentes ameaças do Erdoğan contra os políticos da oposição. O presidente em maio elogiou o ataque verbal de um grupo pró-governamental à líder do partido İYİ (Bom), Meral Akşener, em Rize, dizendo: “Isto foi apenas o começo; vamos ver o que mais acontece”. Ele também disse recentemente que seria “melhor para a oposição parar de dizer que querem governar o país”. 

Após as observações de Kılıçdaroğlu, o líder do Partido Democracia e Progresso (DEVA), Ali Babacan, declarou que o líder do CHP estava correto em suas preocupações, enquanto que o vice-presidente do partido İYİ, Koray Aydın, disse que eles também tinham ouvido que poderia haver assassinatos políticos na Turquia antes das eleições de 2023. 

Assassinatos não solucionados e desaparecimentos forçados foram ocorrências frequentes no país nos anos 90, com o Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) se orgulhando de acabar com eles depois de chegar ao poder. Entretanto, relatórios recentes mostram que o problema está longe de ter terminado. 

De acordo com um relatório do deputado Alpay Antman da CHP em dezembro, 432 assassinatos que ocorreram desde que o AKP chegou ao poder em 2002 continuam sem solução, apesar das investigações apresentadas pelos deputados da oposição ao parlamento exigindo investigações sobre eles. As investigações foram rejeitadas 22 vezes pelo AKP. 

O relatório enfatizou que houve graves violações dos direitos humanos, uma diminuição da liberdade de expressão e um retorno aos dias sombrios da década de 1990, que foram dominados por inúmeros assassinatos não resolvidos, durante o domínio do AKP na Turquia. 

Fonte: Erdoğan files second complaint about opposition claims of political assassinations – Turkish Minute

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer