Últimas notícias

Governo turco diz que livro de Bolton é “enganoso” sobre conversas entre Erdogan e Trump

Governo turco diz que livro de Bolton é “enganoso” sobre conversas entre Erdogan e Trump
junho 26
12:55 2020

A Turquia disse na quarta-feira que um livro do ex-assessor de segurança nacional dos EUA, John Bolton, tinha “apresentações enganosas” e “manipulativas” das conversas entre o presidente turco Tayyip Erdogan e o presidente dos EUA, Donald Trump.

Fahrettin Altun, diretor de comunicações da presidência turca, disse no Twitter que Erdogan e Trump fizeram grandes esforços para consertar os laços entre os dois países e que Trump “prestou muito mais atenção a um importante aliado da Otan do que algumas das administrações anteriores”.

Em seu livro, Bolton escreveu que Erdogan deu a Trump um memorando dizendo que o credor estatal turco Halkbank, sob investigação da procuradoria pública dos EUA no Distrito Sul de Nova York por violar as sanções iranianas, era inocente.

“Trump então disse a Erdogan que cuidaria das coisas, explicando que os promotores do Distrito Sul não eram sua gente, mas que eram gente de Obama, um problema que seria resolvido quando fossem substituídos pela sua gente”, escreveu Bolton.

Geoffrey Berman foi forçado a renunciar como procurador dos EUA no distrito no fim de semana passada. O gabinete também está investigando o advogado pessoal de Trump, Rudolph Giuliani.

“A publicação recente de um livro de autoria de um ex-funcionário de alto nível dos EUA inclui apresentações enganosas, unilaterais e manipulativas das conversas do nosso líder Presidente Erdogan com o presidente dos EUA, Donald Trump”, disse o post de Altun no Twitter.

O caso Halkbank tem sido um problema entre Ancara e Washington, que nos últimos anos também estiveram em desacordo por várias razões, incluindo diferenças de política na Síria e na compra de sistemas de defesa antimísseis russos pela Turquia.

Altun disse que Erdogan defende as prioridades da Turquia em todas as oportunidades “públicas e privadas”, incluindo a questão do Halkbank.

Os promotores dos EUA acusaram o Halkbank e seus executivos de usar agentes financeiros e empresas de fachada no Irã, Turquia e Emirados Árabes Unidos de 2012 a 2016 para evitar as sanções dos EUA ao Irã. Uma reunião de avaliação da situação está agendada para 30 de junho.

Fonte: Turkey says Bolton’s book ‘misleading’ on Erdogan-Trump conversations

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer