Últimas notícias

Venezuela refina ouro na Turquia após imposição de sanções internacionais

Venezuela refina ouro na Turquia após imposição de sanções internacionais
julho 20
11:31 2018

O banco central da Venezuela, neste ano, começou a refinar ouro na Turquia, logo em seguida a uma onda de sanções que a deixou relutante a realizar tais operações na Suíça, informou a Reuters na quarta-feira, citando o primeiro-ministro do país.

O banco central, por vários anos, tem comprado ouro de pequenos mineradores no sul do país e refinando-o para ser usado para apoiar suas reservas internacionais, que tombaram conforme a economia socialista do país implode.

“Este é um acordo estabelecido com a Turquia e o banco central venezuelano,” disse Victor Cano em uma coletiva de imprensa. “Ele está sendo feito por países aliados porque imaginem [o que poderia acontecer] se enviássemos ouro para a Suíça e nos dissessem que ele ia ter que ficar lá por causa de sanções.”

Ele não disse que empresas turcas estavam envolvidas ou quanto havia sido refinado lá, mas disse que o governo havia comprado 9,1 toneladas de ouro de pequenos mineradores neste ano.

O ouro é devolvido à Venezuela depois de ter sido refinado na Turquia e torna-se parte da carteira de ativos do banco central, disse ele.

Os Estados Unidos, no ano passado, emitiu vários conjuntos de sanções contra a Venezuela por violar os direitos humanos e minar a democracia, incluindo uma proibição geral sobre cidadãos americanos de comprar dívidas recém emitidas da Venezuela e de suas empresas que pertencem ao estado.

O presidente Nicolás Maduro diz que as sanções fazem parte de uma “guerra econômica” que ele culpa por problemas, incluindo carências crônicas de comida e remédios, e a inflação, que em junho culminou em 46.000% ao ano.

Cano estava respondendo a comentários do líder da oposição, Julio Borges, que disse que o governo estava vendendo ouro à Turquia em uma tentativa de compensar pela produção de petróleo que vem caindo, o que fornece a maior fatia do câmbio internacional do país.

“Não existe contrabando de ouro para a Turquia,” disse Cano.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e o da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, desenvolveram um relacionamento próximo devido à parceria de ambos os líderes com a Rússia nas relações exteriores.

Maduro visitou a Turquia em outubro de 2017, e dá apoio aberto a Erdogan desde então, até fazendo um acordo de negócios com um produtor de TV que produz o programa de TV favorito de Erdogan, “Dirilis Ertugrul,” para a estatal TRT. Maduro também é conhecido por seu apetite por aparições na TV em seu país.

Fonte: https://www.turkishminute.com/2018/07/19/venezuela-refining-gold-in-turkey-after-imposition-of-international-sanctions/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer