Últimas notícias

Senador americano introduz resolução sancionando a Turquia por violações da liberdade religiosa

Senador americano introduz resolução sancionando a Turquia por violações da liberdade religiosa
junho 18
11:46 2018

Roger Wicker, senador americano do Mississipi e Presidente da Comissão de Helsinque, introduziu uma resolução bipartidária exortando o Presidente Donald Trump a tomar ação contra sete países, incluindo a Turquia, pelo que descreveu como violações da liberdade religiosa.

“Os nossos pais fundadores fizeram da liberdade religiosa uma pedra fundamental de nosso país, e o Presidente Trump leva esse legado adiante ao fazer da liberdade religiosa uma pedra fundamental de sua presidência. Essa resolução é um modelo de ação em uma região onde governos frequentemente atacaram o liberdade religiosa em vez de a proteger. Quando governos tomam medidas para uma melhora, como o Uzbequistão fez, nós devemos apoiar e promover seus esforços,” disse Wicker em um comunicado de imprensa da Comissão de Helsinque dos EUA na segunda-feira.

De acordo com a resolução, o presidente americano deve “ … designar o Azerbaijão, Rússia e Turquia como países da lista de vigilância especial” por violações da liberdade religiosa e “aplicar visto, entrada nos Estados Unidos, e sanções para o bloqueio de propriedade voltadas a qualquer pessoa estrangeira que se descobre estar engajada em ou ser cúmplice em violações severas de liberdade religiosa na … Turquia … incluindo autoridades, agentes ou outros atuando em nome do Governo da Turquia, que é responsável pela detenção indevida do Pastor Andrew Brunson …”

Brunson é um pastor americano que está preso na Turquia desde outubro de 2016 “sob acusações falsas de filiação em uma grupo terrorista armado, espionagem e tentativa de derrubar o estado, não forneceu evidências plausíveis, e lhe negou um devido processo oportuno e viável,” de acordo com a resolução.

A resolução também re-designa o Tajiquistão, Turcomenistão e Uzbequistão como países de interesse em particular e recomenda designar o Cazaquistão na lista de países de vigilância especial, juntamente ao Azerbaijão, Rússia e Turquia, se continuar a apertar as restrições sobre a liberdade religiosa.

A Senadora e Comissária de Helsinque, Jeanne Shaheen, de New Hampshire, é co-patrocinadora da resolução. Outros co-patrocinadores originais da S.Res.539 incluem os Comissários de Helsinque Senador Thom Tillis da Carolina do Norte, Senador John Boozman do Arkansas, Senador Cory Gardner do Colorado e o Senador James Lankford do Oklahoma.

A resolução foi referida ao Comitê do Senado Americano para as Relações Exteriores na segunda-feira.

Fonte: https://www.turkishminute.com/2018/06/13/us-senator-introduces-resolution-sanctioning-turkey-for-religious-freedom-violations/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer