Últimas notícias

EUA e Turquia endorsam itinerário para Manbij e reafirmam ‘parceria aliada’

EUA e Turquia endorsam itinerário para Manbij e reafirmam ‘parceria aliada’
junho 05
13:01 2018

A Turquia e os Estados Unidos, na segunda-feira, endorsaram um itinerário para a cidade de Manbij, que fica no norte da Síria, e destacaram seu comprometimento mútuo com sua implementação, o que foi feito logo após uma reunião com seus principais diplomatas em Washington, D.C., informou a Reuters.

A ação, há muito almejada pela Turquia, ocorre em uma época de desgaste nos laços bilaterais devido à política aplicada à Síria mais amplamente, e pela decisão de Washington, em dezembro, de mudar sua embaixada em Israel para Jerusalém.

A Turquia tem estado furiosa com o apoio dos EUA à milícia Unidades de Proteção Popular (YPG), que é curda, na Síria, que vê como a ramificação síria do terrorista Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), e ameaçou avançar com sua ofensiva na região de Afrin no norte da Síria mais para o leste, até Manbij, arriscando um confronto com tropas americanas estacionadas lá. Washington vê a YPG como um aliado chave na luta contra o Estado Islâmico na Iraque e no Levante (ISIL).

Em suas conversas em Washington, o ministro das relações externas turco, Mevlut Cavusoglu, e o Secretário de Estado americano, Mike Pompeo, também discutiram uma cooperação na Síria, juntamente a potenciais medidas para se melhorar a segurança em Manbij, disseram eles em uma declaração conjunta.

Eles não deram detalhes a respeito do itinerário ou seu cronograma.

Contudo, a agência de notícias estatal da Turquia, Anadolu, disse na semana passada que a Turquia e os Estados Unidos haviam alcançado um acordo técnico quanto a um plano de retirada do YPG em três passos em Manbij. O Departamento de Estado dos EUA negou esses relatos.

Manbij é um foco de conflito em potencial. O governo sírio, militantes curdos, grupos rebeldes sírios, a Turquia e os Estados Unidos todos possuem uma presença militar no norte da Síria.

As relações entre Ancara e Washington deterioraram devido a uma gama de fatores, incluindo a sentença em Nova Iorque, em maio, de um ex executivo bancário estatal turco a 32 meses na prisão por fazer parte em um esquema para se driblar as sanções sobre o Irã, um caso que a Turquia chamou de um ataque político.

A Turquia também causou inquietação em Washington com sua decisão de comprar mísseis de defesa antiaérea S-400 da Rússia e atraiu críticas por sua detenção de um pastor cristão americano, Andrew Brunson, por acusações de terrorismo. Ele negou as acusações.

A declaração dizia que Pompeo e Cavusoglu haviam concordado em realizarem mais reuniões para resolverem questões bilaterais atuais “no espírito de uma parceria aliada.”

Fonte: https://www.turkishminute.com/2018/06/04/us-turkey-endorse-roadmap-for-manbij-reaffirm-allied-partnership/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer