Últimas notícias

Os turcos são mais espertos que Macron, diz vice-premiê quanto à Le Point

Os turcos são mais espertos que Macron, diz vice-premiê quanto à Le Point
junho 01
16:03 2018

Bekir Bozdag, o vice primeiro-ministro da Turquia, na quarta-feira, acusou o presidente francês, Emmanuel Macron, de tentar desacreditar o presidente turco Recep Tayyip Erdogan, dizendo que os turcos são mais espertos que Macron, informou a CNN Turk.

Macron, na segunda-feira, criticou fortemente a remoção de cartazes da capa da revista Le Point, que descrevia o presidente turco Recep Tayyip Erdogan como um ditador, de painéis de bancas de jornal feita por um grupo de turcos em Avignon, França.

“É totalmente inaceitável que os cartazes da @LePoint sejam removidos das bancas porque não agradam os inimigos da liberdade na França ou no estrangeiro. A liberdade de imprensa não tem preço: sem ela, é ditadura,” tuitou Macron.

Alegando que as declarações do presidente francês façam parte de uma campanha para desacreditar Erdogan dentro e fora da Turquia antes da eleição presidencial de 24 de junho, disse Bozdag enquanto estava na província Yozgat: “Os turcos são mais espertos que Macron, mais espertos do que os que estão engajados em engenharia política.”

Enfatizando que os indivíduos que tentarem desacreditar Erdogan não serão capazes de tirá-lo dos corações do povo turco, Bozdag disse: “As pessoas amam o presidente e apreciam ele. A nossa nação vai dar a melhor resposta tanto para Macron quanto para os que fazem esse mesmo tipo de cálculo simplista.”

O ministro das relações externas, Mevlut Cavusoglu, e o ministro dos assuntos da União Europeia, Omer Celik, também se juntaram a Bozdag na crítica ao presidente francês.

“Democracia é não impor os insultos, palavrões e mentiras de um lado, mas também levar os pontos de vista e sensibilidades do outro lado em consideração. Qualquer coisa além disso é hipocrisia. A reação democrática e civil da comunidade turca na França é exatamente sobre isso,” tuitou Cavusoglu, citando diretamente a mensagem de Macron no Twitter.

Acusando Le Point de disseminar propaganda negra e perpetrar crimes de ódio, o ministro Celik tuitou na terça-feira: “Desde quando crimes de ódio e insultos abertos significaram liberdade de imprensa? Macron aprovaria se o mesmo estilo de discurso de ódio e propaganda negra foram usados contra ele?”

Um vídeo compartilhado nas mídias sociais na sexta-feira à noite mostra um grupo de pessoas que falavam em turco discutindo com funcionários da Médiakiosk que colocaram o cartaz da Le Point em um painel de uma banca de jornais em Pontet, Vaucluse, perto de Avignon. Os funcionários então começaram a remover o cartaz.

A capa da Le Point com uma foto de Erdogan lê: “O ditador. Até onde irá Erdogan?”

Le Point disse que pediu que o cartaz promocional fosse devolvido ao painel, o que ocorreu duas horas depois, e a banca foi colocada sob vigilância da polícia, informou a Euronews.

Outro caso dos cartazes promocionais da Le Point sendo destruídos foi relatado em Valência.

O porta-voz do presidente Erdogan, Ibrahim Kalin, na sexta-feira, tuitou sobre a capa da Le Point: “Uma revista francesa chamou o Presidente Erdogan de ditador. Conhecemos esses ataques. Conhecemos seus objetivos. A nossa nação e todas as nações oprimidas veem o que está acontecendo. Os dias em que a Turquia recebia ordens de vocês acabaram. Vocês não podem trazer esses dias de volta chamando [Erdogan] de ‘ditador’.”

Burhan Kuzu, um membro importante e deputado do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), de Erdogan, no domingo, chamou Macron de “inimigo da Turquia” e “inimigo dos muçulmanos,” juntamente a outros líderes, incluindo o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, o presidente americano Donald Trump e a chanceler alemã Angela Merkel.

Fonte: https://www.turkishminute.com/2018/05/30/deputy-pm-on-le-point-remarks-turkish-people-are-smarter-than-macron/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer