Últimas notícias

‘F*da-se a Turquia’, posta o filho de Netanyahu no Instagram

‘F*da-se a Turquia’, posta o filho de Netanyahu no Instagram
maio 17
14:35 2018

Yair Netanyahu, filho do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, postou uma imagem controversa dizendo “F*oda-se a Turquia” em sua conta no Instagram na quarta-feira, informou o Haaretz.

Isso vem logo em seguida de um conflito diplomático entre Israel e Turquia que começou na terça-feira, quando Ancara expulsou o embaixador de Israel por causa do número de palestinos mortos pelas forças israelenses durante manifestações na fronteira de Gaza na segunda-feira.

Em resposta à imagem, os associados de Netanyahu disseram: “Yair Netanyahu é um indivíduo privado, assim como é sua conta no Instagram.”

No começo da quarta-feira, o Ministério das Relações Exteriores convocou o único representante turco que restava em Israel a uma reunião para protestar contra a verificação de segurança a que o embaixador de Israel na Turquia esteve sujeito no momento que estava deixando o país.

O Ministério das Relações Exteriores turco ordenou ao embaixador israelense Eitan Naeh que deixasse a Turquia na terça-feira para consultas por um período indeterminado de tempo por causa do relato das mortes de 60 palestinos realizadas por forças israelenses.

A mídia turca foi convidada a cobrir a partida de Naeh, que esteve sujeito ao que o Ministérios das Relações Externas descreveu como uma verificação de segurança severa e humilhante. Aparentemente, Naeh foi revistado e a equipe de segurança do Aeroporto Ataturk em Istambul lhe pediu que tirasse seus sapatos enquanto a imprensa turca olhava.

Em resposta à expulsão de Naeh, Israel ordenou ao cônsul geral turco em Jerusalém, Husnu Gurcan Turkoglu, que é responsável pelas relações da Turquia com os palestinos, que retornasse para casa para consultas. O embaixador da Turquia em Tel Aviv já tinha sido chamado de volta, assim como tinha o embaixador da Turquia em Washington.

Em resposta a expulsão de Israel do enviado turco, a Turquia convocou o cônsul geral de Israel em Istambul, Yossi Levi Safri, e também lhe pediu que deixasse o país.

Erdogan disse na terça-feira que “Netanyahu é o Primeiro-Ministro de um estado de apartheid. … Ele tem o sangue dos palestinos em suas mãos e não pode encobrir crimes atacando a Turquia.”

Em troca, o Primeiro-Ministro Netanyahu rechaçou Erdogan: “Um homem que envia milhares de soldados turcos manterem a ocupação do norte do Chipre e invade a Síria não vai pregar para nós quando nos defendemos de um atentado do Hamas. Um homem que tem as mãos manchadas com o sangue de incontáveis cidadãos curdos na Turquia e na Síria é a última pessoa a pregar para nós sobre éticas de combate.”

Na terça-feira, a África do Sul chamou de volta seu embaixador de Tel Aviv, dizendo que “condena nos termos mais fortes possíveis o mais recente ato de agressão violenta realizado pelas forças armadas israelenses ao longo da fronteira de Gaza.” Nos últimos anos, a Irlanda, Bélgica e Luxemburgo convocaram seus embaixadores israelenses para expressarem sua consternação e protestarem contra o número de mortes em Gaza.

Fonte: https://www.turkishminute.com/2018/05/16/fck-turkey-netanyahus-son-posts-on-instagram-amid-diplomatic-row/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer