Últimas notícias

Erdogan recusa convite para debate com candidato da oposição na TV

Erdogan recusa convite para debate com candidato da oposição na TV
maio 08
11:44 2018

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, na segunda-feira, aceitou uma oferta de uma visita do candidato presidencial Muharrem Ince, da principal oposição, o Partido Popular Republicano (CHP), ao mesmo tempo que rejeitou seu desafio para um debate na TV.

Eu certamente não quero ter um debate na TV porque não queremos que alguém capitalize sobre isso. Mas posso aceitar a visita dele no prédio do Partido da Justiça e Desenvolvimento porque se encontrar lá é um tipo deferente de evento. Como um líder de partido acho que isso seria mais apropriado. Nós vamos responder a essa oferta em breve, e vamos receber eles no prédio do nosso partido,” disse Erdogan em uma conferência de imprensa em Ancara.

Ince disse no domingo que pediria encontros com os outros candidatos presidenciais. “Vou pedir um encontro amanhã [7 de maio] para me reunir com todos os candidatos e desejar sucesso a eles. Vou conversar com qualquer um que marcar um encontro. Vou visitar o Sr. Erdogan se ele marcar um encontro. Se ele me chamar para o palácio presidencial, eu vou lá. Se não chamar, bem, ele se conhece. Também vou visitar Selahattin Demirtas, que é curdo, em Edirne,” disse ele em referência ao líder preso do Partido Democrático Popular (HDP), que é a favor dos curdos.

Sr. Erdogan, você falou sobre civilizações modernas; vamos fazer como as sociedades modernas. Vamos debater na TV, contar à Turquia as nossas visões com os outros candidatos,” contou Ince a um grupo de repórteres no Parlamento na segunda-feira.

Erdogan, no domingo, havia jurado que seu governante AKP iria “levar a Turquia acima do nível de civilização contemporânea.”

O que o Sr. Erdogan disse ontem foi muito bom. Estou muito feliz. Mas nas sociedades contemporâneas e no Ocidente, os candidatos aparecem na televisão juntos; ele debatem. E eu estou pronto,” disse Ince.

A Turquia realizará eleições gerais e presidenciais antecipadas em 24 de julho, quase um ano e meio mais cedo que o previsto.

(Stockholm Center for Freedom [SCF])

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer