Últimas notícias
  • Elogiar o movimento Hizmet antes da tentativa de golpe de 2016 não é crime, diz o TEDH O Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) penalizou na Turquia por violar o direito à liberdade de expressão de um ex-professor, afirmando que os comentários públicos a favor do movimento Hizmet feitos antes de uma tentativa de golpe em julho de 2016 não constituem um crime, informou a mídia local na terça-feira....
  • Perguntas de coletiva de imprensa para Erdoğan vazadas com antecedência por jornal O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan recebeu uma lista de perguntas em uma coletiva de imprensa na segunda-feira, que foram exatamente as mesmas perguntas vazadas anteriormente por um jornal, reforçando as alegações de que os jornalistas não são livres para perguntar ao presidente o que quiserem....
  • Conselho da Europa deve disciplinar a Turquia sobre ativista preso O Conselho da Europa disse na sexta-feira que vai lançar uma ação disciplinar contra a Turquia por se recusar a libertar o proeminente ativista e filantropo Osman Kavala, desencadeando um procedimento usado apenas uma vez na história da organização....
  • Por que a queda da moeda turca não preocupa Erdogan A moeda nacional da Turquia caiu 45% em relação ao dólar este ano e, no entanto, o Presidente Recep Tayyip Erdogan não parece ter se incomodado com isso....
  • CoE insta “fortemente” as autoridades turcas a liberar Demirtaş O Comitê de Ministros do Conselho da Europa adotou na quinta-feira uma resolução provisória "instando fortemente" as autoridades turcas a assegurar a libertação imediata do líder curdo preso Selahattin Demirtaş....
  • A crise monetária da Turquia Após a demissão do ministro das finanças e sua substituição por um lealista em 2 de dezembro, a lira turca continuou seu declínio constante em relação ao dólar, elevando suas perdas do ano para quase 50%. A moeda turca está novamente sob ataque especulativo, semelhante aos episódios anteriores em julho de 2018 e outubro de 2020. Os cortes antecipados do Banco Central da República da Turquia (CBRT) na taxa de câmbio desde setembro resultaram em um êxodo de capital estrangeiro e em uma corrida na demanda por divisas entre os investidores domésticos. Enquanto isso, os preços globais de commodities e energia permanecem altos (apesar da recente queda nos preços do petróleo), e as expectativas em relação à inflação se deterioraram significativamente, levando a taxa de câmbio TL a cair de 8,30 para 13,60 para o dólar em menos de três meses....
  • Turquia aumentará sua presença na INTERPOL, diz membro recém-eleito do Comitê Executivo A Turquia aumentará sua presença na INTERPOL aumentando seu número de oficiais de ligação na Secretaria Geral e nomeando mais candidatos para cargos superiores dentro da organização, disse na quinta-feira Selçuk Sevgel, membro recém-eleito do Comitê Executivo da INTERPOL, em entrevista à agência estatal de notícias Anadolu, informou o Stockholm Center for Freedom....
  • Papa pede por cura em um Chipre dividido, arcebispo ortodoxo ataca a Turquia Papa encontra os líderes cristãos ortodoxos de Chipre. Pede por cura na ilha dividida. Líder cipriota turco convida papa a visitar o norte. Muitos dos participantes da missa são filipinos que trabalham no Chipre...
  • Ministro das finanças da Turquia, Lutfi Elvan, demite-se em meio à crise monetária O Ministro das Finanças e do Tesouro da Turquia, Lutfi Elvan, renunciou em meio a uma forte queda da lira turca, de acordo com um decreto presidencial emitido no jornal oficial turco na quinta-feira....
  • Documentário sobre femicídios na Turquia é a indicação ao Oscar do Reino Unido Um documentário relatando os esforços dos ativistas que trabalham para acabar com a violência contra as mulheres na Turquia foi escolhido como a entrada oficial do Reino Unido para a categoria de Melhor Longa Metragem Internacional no Oscar....

O Encontro do Papa Francisco com Recep Tayyip Erdoğan

O Encontro do Papa Francisco com Recep Tayyip Erdoğan
fevereiro 07
08:46 2018

Retornando o gesto do papa Francisco, que levou a cabo uma Viagem Apostólica à Turquia entre 28 e 30 de novembro de 2014, Recep Tayyip Erdoğan, o presidente daquele país, encontrou-se com o papa Francisco na Sala do Tronetto do Palácio Apostólico, no dia 5 de fevereiro. A audiência privada durou 50 minutos, mais do que o habitual, pois este tipo de reuniões não costuma ultrapassar a meia hora. Ambos os dignitários discutiram “a situação da comunidade católica, os esforços para a recepção dos muitos refugiados e os desafios associados”. Também foi referida “a situação no Oriente Médio, com particular referência para o estatuto de Jerusalém, destacando a necessidade de se promover a paz e a estabilidade na região através do diálogo e a negociação, com respeito para os direitos humanos e a lei internacional”.

Esta visita de Erdoğan ao Vaticano, que viajou acompanhado por uma delegação de 16 pessoas, incluindo sua esposa e uma de suas filhas, mas também quatro ministros, incluindo o da Defesa e o das Relações Exteriores, foi a primeira de um presidente turco à cidade Estado sede da Igreja Católica em 59 anos. A presença do presidente turco em Roma, cujo centro foi fechado aos manifestantes por um período de 24 horas, tendo a presença de um dispositivo policial de 3.500 agentes, contou com protestos de curdos e de defensores dos Direitos Humanos, que tiveram início no dia anterior ao do encontro do dirigente turco com o sumo pontífice. Entre as principais críticas ao líder turco se encontravam os ataques contra os curdos e a perseguição a rivais políticos por conta do fracassado golpe de Estado de julho de 2016. Cerca de 200 curdos acamparam perto do Castelo de Santo Ângelo, na margem direita do rio Tibre, para organizarem uma manifestação, sentados. O ato tornou-se violento quando um grupo de 30 manifestantes tentou se aproximar do Vaticano, quebrando a linha de segurança. Resultaram duas prisões e pelo menos um dos manifestantes ficou ferido durante as contendas.

No final do encontro, o papa ofereceu a Erdoğan um medalhão com “um anjo estrangulando o demônio da guerra”, um dragão. Na ocasião, Francisco comentou: “Este é um anjo da paz, que estrangula o demônio da guerra”, tendo acrescentado que ele “é o símbolo de um mundo baseado na paz e na justiça“. Francisco também ofereceu exemplares de sua mensagem para a Jornada Mundial da Paz, deste ano, e da carta encíclica Laudato Si’. Erdoğan presenteou o vigário de Cristo com um retrato panorâmico em cerâmica de Istambul, onde se distingue a cúpula da Basílica de Santa Sofia convertida pelos otomanos em uma mesquita no século XV, bem como a Mesquita Azul.

De Itália, Recep Tayyip Erdoğan deveria deslocar-se à América do Sul, numa viagem que incluía o Brasil, o Uruguai e a Venezuela. No entanto, a viagem foi cancelada. O papa, defensor do diálogo inter-religioso, da autenticidade e da luta pela paz, depois do encontro com o presidente turco, recebeu os bispos caldeus, incluindo os responsáveis pela atenção aos católicos de origem iraquiana e síria, tanto naqueles países como na região curda da Turquia.

J. M. de Barros Dias

——————–

Imagem:

O encontro do presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, com o papa Francisco, durante a audiência privada.

(Fonte):

https://i.dawn.com/large/2018/02/5a785e6cd4615.jpg

——————–

Publicado em: http://jornalri.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer