Últimas notícias

O Aumento das Tensões Entre a Turquia e o Egito, a Propósito da Ilha de Suakin

O Aumento das Tensões Entre a Turquia e o Egito, a Propósito da Ilha de Suakin
Janeiro 18
10:51 2018

A ilha de Suakin, situada no Mar Vermelho, foi recentemente transferida pelo Sudão à Turquia, como parte de um acordo entre os dois países. Segundo as autoridades envolvidas na assinatura do pacto, a transferência é provisória, mas esta justificativa não serviu para impedir o crescimento das tensões entre a Turquia e o Egito, assim como o descontentamento da Arábia Saudita e dos países africanos.

Na sequência do compromisso assumido entre Ancara e Cartum verificou-se a movimentação de forças terrestres africanas para a proteção de suas fronteiras. De acordo com informações, o objetivo da Turquia é reconstruir a antiga ilha otomana na tentativa de atrair turistas, sobretudo, os peregrinos que atravessam o Mar Vermelho em direção a Meca, a cidade sagrada para os muçulmanos. No entanto, o Egito e a Arábia Saudita alegam que os turcos pretendem construir uma base militar em Suakin, o que representa uma ameaça para os países árabes. Porém, tanto a Turquia quanto o Sudão negam que este seja o propósito. A decisão tomada pela Turquia e o Sudão pode deteriorar ainda mais as relações com o Egito. Em 4 de janeiro, o embaixador sudanês no Cairo, foi chamado para consultas. Esta situação torna-se mais complexa se somada a outras duas, relacionadas com a disputa territorial egípcio-sudanesa referente ao triângulo Halayeb e Shalateen e a questão da construção da barragem hidroelétrica pela Etiópia, no Rio Nilo. Simultaneamente a tudo isto, a relação entre o Cairo e Ancara também tem passado por um período de deterioração desde a deposição do presidente Muhammad Morsi, em 2013, na medida em que a Turquia se posicionou contra a destituição do político ligado à Irmandade Muçulmana, a qual é considerada, pelo Egito, como uma organização terrorista e, possivelmente, apoiada pela Turquia.

Neste momento, paira sobre o Cairo e vários países africanos, a desconfiança de que a Turquia pretende expandir os seus laços econômicos e militares em África. Em entrevista ao jornal al-Monitor, o major-general Kamal Amer, chefe do Comitê de Defesa e Segurança do Parlamento egípcio, afirmou que “o Egito tem em sua posse a prova de que há fins militares turcos por trás do acordo sobre a ilha. A Turquia construiu várias bases militares em África. Para preservar a sua segurança, o Egito não permitirá a construção de uma base militar turca no (Sudão)”. Segundo informações o presidente turco, Recep Tayyip Erdoğan, e o presidente do Sudão, Omar al-Bashir, assinaram 13 acordos no total, incluindo a construção de uma doca para navios civis e militares. O valor acertado para a suposta reconstrução da ilha de Suakin é de USD $ 650 milhões. O pacto estabelecido entre Erdoğan e al-Bashir foi duramente criticado pela imprensa egípcia. Em 25 de dezembro, o jornalista Emad Eddin Adeeb escreveu um artigo em que afirmou que o Sudão concedeu à Turquia a permissão para a construção de uma base militar “para defesa, treinamento e armazenamento de armas” e que toda a construção estará sob a responsabilidade de empresas turcas e será totalmente financiada pelo Catar. As negociações ocorreram três meses depois de a Turquia ter construído uma base militar na Somália, que custou cerca de USD $ 50 milhões. Conforme o descontentamento entre as várias partes vai aumentando eleva-se o risco de mais um conflito envolvendo a Turquia e o Egito, podendo desequilibrar ainda mais o Oriente Médio, o mundo árabe e alcançar de modo avassalador a África, todos já bastante desgastados por guerras e problemas sociais e econômicos.

Marli Barros Dias

——————–

Imagem:

Ruínas na Ilha de Suakin, Sudão.

(Fonte):

https://i.pinimg.com/736x/65/6f/3c/656f3c66c3546dd41e8684a34cbaa20b–sudan-abandoned-places.jpg

——————–

Publicado em: http://jornalri.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Mailer