Últimas notícias

Turquia pode estar se transformando em um estado mafioso

Turquia pode estar se transformando em um estado mafioso
dezembro 04
09:58 2017

A Turquia está se transformando em um estado mafioso? Esta é a pergunta feita por Ryan Gingeras, professor associado e autor de ‘Fall of the Sultanate: The Great War and the End of the Ottoman Empire’ (A Queda do Sultanato: A Grande Guerra e o Fim do Império Otomano), na revista Foreign Affairs.

Gingeras argumenta que um julgamento em Nova Iorque envolvendo o comerciante de ouro turco-iraniano Reza Zarrab e um escândalo de lavagem de dinheiro na Turquia em 2013 sejam sinais de um mal-estar mais profundo de ilegalidade no país.

O governo, argumenta ele, está sendo complacente com o comércio ilícito de petróleo e contrabando através da fronteira com a Síria. Uma repressão contra o movimento de Fethullah Gulen, e a subsequente demissão de milhares de investigadores policiais a serem substituídos por recrutas mal-qualificados, significam que a habilidade da Turquia em combater o crime organizado se enfraqueceu significativamente, diz Gingeras.

“As consequências da queda constante da Turquia em direção da ilegalidade assume tons mais ameaçadores quando se considera a importância do crime organizado dentro do passado recente do país. A localidade geográfica da Turquia já há muito tempo fez dela um centro de produtos ilícitos entre a Europa, Ásia e África. O declínio incremental do estado de direito no país provavelmente vai estimular ainda mais o tráfico ilegal para a Europa e os Estados Unidos, levando a um crescimento no comércio de narcóticos, armas e fundos ilícitos, e igualmente de migrantes”.

Aumentar a ilegalidade na Turquia também apresenta um problema para a União Europeia. Relações abismais entre a Turquia e o bloco significam que a cooperação e a coordenação para combaterem “graves questões de segurança” sofrerão, argumenta Gingeras.

Fonte: https://ahvalnews.com/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer