Últimas notícias

Kılıçdaroğlu a Erdoğan: O Estado não é uma máfia que ameaça a família de um prefeito

Kılıçdaroğlu a Erdoğan: O Estado não é uma máfia que ameaça a família de um prefeito
outubro 31
16:34 2017

O presidente do principal partido de oposição, o Partido Republicano do Povo (CHP), Kemal Kılıçdaroğlu, hoje, criticou fortemente o Presidente Recep Tayyip Erdoğan por sua pressão sobre prefeitos para que renunciassem, dizendo que o estado não é uma máfia que ameaça a família de um prefeito para forçá-lo a se demitir, informou o Cumhuriyet.

Ahmet Edip Uğur, o prefeito de Balıkesir, renunciou ontem, entre lágrimas, sob pressão crescente exercida pelo Presidente Erdoğan, dizendo que a pressão e ameaças estavam agora se estendendo à sua família.

“Estou apelando à pessoa [o Presidente Erdoğan] que se senta no palácio. Sob que tipo de ética você pode acusar a família de um prefeito? Como pode você exercer todo tipo de pressão sobre a família de uma prefeito?” disse Kılıçdaroğlu durante um discurso na reunião de grupo do CHP no Parlamento.

“Ameaçar a família é uma método da máfia. Uma pessoa que esteja em um cargo no Estado não pode usar os métodos da máfia.”

Relembrando uma declaração feita por Bülent Tezcan, vice-presidente do CHP, em Tekirdağ na ontem, chamando Erdoğan de um “ditador fascista,” Kılıçdaroğlu disse: “Abordar a família de um prefeito demonstra a força de uma ditadura fascista.”

Criticando Erdoğan e a política de seu governo de mudar prefeitos pressionando-os, o líder do CHP disse: “Eles dispensaram 101 prefeitos sob decretos do estado de emergência e nomearam outros em seus lugares. Agora, 41 por cento da população não é governado pelos prefeitos que elegeram. Isso pode normalmente apenas ser visto durante períodos de golpe.”

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer