Últimas notícias

Ministro turco diz que o corte da assistência financeira da União Europeia ‘não significa nada’ para a Turquia

Ministro turco diz que o corte da assistência financeira da União Europeia ‘não significa nada’ para a Turquia
outubro 26
16:28 2017

Ömer Çelik, o ministro da Turquia para os assuntos da União Europeia, disse na quarta-feira que a intenção da União Europeia de remover a assistência financeira pré-adesão à Turquia “não significa nada” para Ancara.

De acordo com a agência de notícias estatal Anadolu, Çelik atacou a chanceler alemã Angela Merkel e disse que “os que declaram a intenção de suspender as conversas de adesão com a Turquia estão também degradando a reputação da União Europeia.”

As declarações de Çelik foram feitas um dia depois que Merkel pediu aos seus colegas líderes que cortassem o Instrumento para Assistência Pré-adesão (IPA) para a Turquia.

Ele também criticou a Alemanha por transformar suas questões bilaterais com a Turquia em uma questão entre Ancara e Bruxelas.

Çelik relembrou as observações da semana passada feitas pelo comissário da União Europeia para o alargamento, Johannes Hahn, que insinuava uma parceria privilegiada em vez de uma filiação completa.

“Se a União Europeia planeja congelar o processo de adesão com a Turquia mas quer continuar a cooperação na energia, economia e transporte, abrindo novas áreas de colaboração, esse não será o caso para Ancara,” disse Çelik.

Em 16 de outubro, Federica Mogherini, a Chefe da Política Externa da União Europeia, disse que a UE fortaleceria a cooperação com a Turquia em questões “relacionadas a dinâmicas regionais” e trabalharia em planos, sugerindo uma parceria privilegiada.

Merkel ficou sob uma pressão enorme de seus rivais antes das eleições de 24 de setembro para que suspendesse as conversas de filiação da Turquia à União Europeia entre tensões recentes.

Ela prometeu no mês passado discutir o futuro dos laços entre a União Europeia e a Turquia com outros líderes Europeus mas também destacou a importância de manter o diálogo com Ancara.

Merkel disse durante um debate na televisão em setembro que a Turquia não deveria se tornar um membro da União Europeia — a maior parceira de comércio da Turquia com quem tem uma união aduaneira.

Ela disse que conversaria com os parceiros de União Europeia da Alemanha para alcançarem um compromisso sobre o término das conversas de adesão da Turquia com o bloco.

As relações de Berlim com Ancara foram desgastadas pela repressão da Turquia contra críticos do governo após um golpe fracassado no ano passado. A Alemanha e seus parceiros na União Europeia dizem que a repressão mina a democracia.

A Turquia e a Alemanha estão também em um impasse devido a recusa de Berlim em extraditar requerentes de asilo que o presidente turco Erdogan e seu governo acusam de envolvimento no golpe frustrado contra ele.

A Alemanha ficou brava com a prisão feita pela Turquia de cerca de uma dúzia de cidadãos alemães, incluindo o jornalista alemão-turco Deniz Yücel, que está preso por mais de 200 dias.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer