Últimas notícias
  • Elogiar o movimento Hizmet antes da tentativa de golpe de 2016 não é crime, diz o TEDH O Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) penalizou na Turquia por violar o direito à liberdade de expressão de um ex-professor, afirmando que os comentários públicos a favor do movimento Hizmet feitos antes de uma tentativa de golpe em julho de 2016 não constituem um crime, informou a mídia local na terça-feira....
  • Perguntas de coletiva de imprensa para Erdoğan vazadas com antecedência por jornal O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan recebeu uma lista de perguntas em uma coletiva de imprensa na segunda-feira, que foram exatamente as mesmas perguntas vazadas anteriormente por um jornal, reforçando as alegações de que os jornalistas não são livres para perguntar ao presidente o que quiserem....
  • Conselho da Europa deve disciplinar a Turquia sobre ativista preso O Conselho da Europa disse na sexta-feira que vai lançar uma ação disciplinar contra a Turquia por se recusar a libertar o proeminente ativista e filantropo Osman Kavala, desencadeando um procedimento usado apenas uma vez na história da organização....
  • Por que a queda da moeda turca não preocupa Erdogan A moeda nacional da Turquia caiu 45% em relação ao dólar este ano e, no entanto, o Presidente Recep Tayyip Erdogan não parece ter se incomodado com isso....
  • CoE insta “fortemente” as autoridades turcas a liberar Demirtaş O Comitê de Ministros do Conselho da Europa adotou na quinta-feira uma resolução provisória "instando fortemente" as autoridades turcas a assegurar a libertação imediata do líder curdo preso Selahattin Demirtaş....
  • A crise monetária da Turquia Após a demissão do ministro das finanças e sua substituição por um lealista em 2 de dezembro, a lira turca continuou seu declínio constante em relação ao dólar, elevando suas perdas do ano para quase 50%. A moeda turca está novamente sob ataque especulativo, semelhante aos episódios anteriores em julho de 2018 e outubro de 2020. Os cortes antecipados do Banco Central da República da Turquia (CBRT) na taxa de câmbio desde setembro resultaram em um êxodo de capital estrangeiro e em uma corrida na demanda por divisas entre os investidores domésticos. Enquanto isso, os preços globais de commodities e energia permanecem altos (apesar da recente queda nos preços do petróleo), e as expectativas em relação à inflação se deterioraram significativamente, levando a taxa de câmbio TL a cair de 8,30 para 13,60 para o dólar em menos de três meses....
  • Turquia aumentará sua presença na INTERPOL, diz membro recém-eleito do Comitê Executivo A Turquia aumentará sua presença na INTERPOL aumentando seu número de oficiais de ligação na Secretaria Geral e nomeando mais candidatos para cargos superiores dentro da organização, disse na quinta-feira Selçuk Sevgel, membro recém-eleito do Comitê Executivo da INTERPOL, em entrevista à agência estatal de notícias Anadolu, informou o Stockholm Center for Freedom....
  • Papa pede por cura em um Chipre dividido, arcebispo ortodoxo ataca a Turquia Papa encontra os líderes cristãos ortodoxos de Chipre. Pede por cura na ilha dividida. Líder cipriota turco convida papa a visitar o norte. Muitos dos participantes da missa são filipinos que trabalham no Chipre...
  • Ministro das finanças da Turquia, Lutfi Elvan, demite-se em meio à crise monetária O Ministro das Finanças e do Tesouro da Turquia, Lutfi Elvan, renunciou em meio a uma forte queda da lira turca, de acordo com um decreto presidencial emitido no jornal oficial turco na quinta-feira....
  • Documentário sobre femicídios na Turquia é a indicação ao Oscar do Reino Unido Um documentário relatando os esforços dos ativistas que trabalham para acabar com a violência contra as mulheres na Turquia foi escolhido como a entrada oficial do Reino Unido para a categoria de Melhor Longa Metragem Internacional no Oscar....

Erdogan ameaça EUA devido a Zarrab, dizendo que ateará fogo no mundo

Erdogan ameaça EUA devido a Zarrab, dizendo que ateará fogo no mundo
outubro 24
17:08 2017

O Presidente Recep Tayyip Erdogan criticou fortemente hoje a administração americana por supostamente tentar forçar Reza Zarrab, empresário turco-iraniano preso, a lhes dar nomes do governo turco, dizendo que explicaria todos os detalhes, informou a agência de notícias estatal Anadolu.

Zarrab foi preso em Miami em março de 2016 como parte de uma investigação sobre a violação de sanções americanas sobre o Irã.

Mehmet Hakan Atilla, o vice diretor-geral do Halkbank, também foi preso nos EUA como parte da mesma investigação em março de 2017.

Chamando a prisão de Zarrab e Atilla de uma operação que deliberadamente atacou a Turquia em seu discurso no grupo de seu partido no Parlamento, Erdogan disse: “Eles estão acuando ele [Zarrab] em um canto, tentando fazer dele um informante ao dizerem: ‘Se você mencionar esses nomes, ela [sua pena] será longa assim, se você mencionar esses nomes ela será mais longa’.”

“Estamos de olho nisso. Sabemos como atear fogo no mundo quando todas essas questões estiverem terminadas. Contaremos a todos.”

Erdogan exigiu a soltura de Zarrab, um comerciante de ouro turco-iraniano que está prestes a ir a julgamento por acusações de lavagem de dinheiro e fraude nos EUA, e exigiu também a demissão do então Procurador Geral dos EUA, Preet Bharara, durante uma reunião privada com o então Vice Presidente Joe Biden em 21 de setembro de 2016, dedicando metade da conversa de 90 minutos a Zarrab, escreveu David Ignatius para o The Washington Post em 12 de outubro.

“A campanha de Erdogan para libertar Zarrab tem sido extraordinária. Ele exigiu sua soltura e também a demissão de Bharara em uma reunião privada com o então Vice Presidente Joe Biden em 21 de setembro de 2016, em que, dizem autoridades americanas, metade da conversa de 90 minutos foi dedicada a Zarrab,” escreveu Ignatius.

“A esposa de Erdogan [Emine Erdogan] pleiteou o caso naquela noite a Jill Biden [esposa de Biden]. O então ministro da justiça da Turquia, Bekir Bozdag, visitou a então Procuradora Geral Loretta E. Lynch em outubro para argumentar que o caso “não estava baseado em evidências’ e que Zarrab deveria ser solto.”

De acordo com antigos auxiliares, “Erdogan apelou pessoalmente quanto a questão em suas últimas duas ligações telefônicas com o Presidente Barack Obama, em dezembro e no começo de janeiro.

“A nossa suposição de operação era de que a obsessão de Erdogan com o caso era que se avançasse, informações poderiam vir à tona que prejudicariam sua família, e no final, ele,” disse um antigo funcionário importante de Obama, observou Ignatius.

O Tribunal Distrital Americano para o Distrito do Sul de Nova Iorque em 6 de setembro indiciou o antigo Ministro da Fazenda turco, Mehmet Zafer Çağlayan, os antigos diretores-gerais do Halkbank Süleyman Aslan, Levent Bakkal e Abdullah Happani e pediu um mandado de prisão para eles.

Os quatro são acusados de conspirarem para usarem o sistema financeiro americano para conduzir centenas de milhões de dólares em transações em nome do governo do Irã e de outras entidades iranianas impedidas por sanções americanas.

Erdogan afirmou em setembro que havia contado a Washington que a Turquia nunca havia concordado em cumprir com suas sanções sobre o Irã e pediu aos EUA que revisasse o indiciamento. Ele também disse que o presidente americano Donald Trump havia ligado para ele e concordado em seguir o caso mais de perto.

Zarrab era o principal suspeito em uma grande e importante investigação de corrupção na Turquia que tornou-se pública em dezembro de 2013 em que pessoas do círculo íntimo do governante Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) e do então Primeiro-Ministro Erdogan foram acusadas de terem pago propina a funcionários do Gabinete e de bancos para facilitarem transações que beneficiassem o Irã.

Depois que Erdogan colocou o caso como uma tentativa de golpe para derrubar seu governo orquestrada por seus inimigos políticos, vários promotores foram removidos do caso, policiais foram transferidos e a investigação contra Zarrab foi retirada.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer