Últimas notícias

Embaixador americano: Alguns no governo turco querem vingança em vez de justiça

Embaixador americano: Alguns no governo turco querem vingança em vez de justiça
outubro 06
13:16 2017

John Bass, o embaixador americano na Turquia que está indo embora, na sexta-feira disse que alguns no governo turco estão motivados por “ vingança em vez de justiça, ” expressando preocupação com a cobertura nos veículos de mídia pró-governo da prisão de um cidadão turco que estava trabalhando no consulado em Istambul, informou o Hürriyet Daily News.

“Me perturba profundamente que algumas pessoas no governo turco preferem julgar esse caso através de veículos de mídia em vez de buscar devidamente o caso em um tribunal de justiça perante um juíz. Isso não me parece com a busca da justiça, me parece mais com uma busca por vingança,” contou Bass aos repórteres em Istambul na sexta-feira.

Conforme ele se prepara para deixar Ancara para o seu próximo trabalho no Afeganistão, Bass se reuniu nesta manhã com um grupo de jornalistas que ele identificou como representantes da “mídia séria.”

Referindo-se à ausência de representantes de um número de veículos particularmente próximos ao governo de Ancara, o embaixador americano disse que não estendeu o convite “porque não mais considero eles como veículos jornalísticos, dada a extensão a que eles usam da ficção e não seguem um conjunto básico de ética jornalística.”

De acordo com a reportagem, Bass então tocou no assunto da “prisão e acusações trazidas contra um de nossos funcionários em Istambul.” Sua identificação do indivíduo como “um de nossos funcionários” é notável dado o fato que o Ministério dos Assuntos Estrangeiros turco emitiu uma declaração na quinta-feira dizendo que “ele nem é um membro da equipe de funcionários do Consulado Americano nem tem qualquer imunidade diplomática ou consular.”

“Continuo a acreditar que essas acusações são sem mérito. Não acredito que vão existir evidências que substanciem essas acusações,” disse Bass, também expressando descontentamento com a cobertura da questão na mídia pró-governo.

“Existe uma grande diferença entre buscar a justiça e buscar vingança em termos do estado de direito e das normas democráticas a que este país, e o meu país, se comprometeram, tanto através da Carta de Helsinki e suas próprias constituições,” acrescentou ele, informou o Hürriyet Daily News.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer