Últimas notícias

Ministério diz que 50.510 pessoas estão presas, 169.013 enfrentaram procedimentos legais desde 15 de julho

Ministério diz que 50.510 pessoas estão presas, 169.013 enfrentaram procedimentos legais desde 15 de julho
julho 13
11:05 2017

O Ministério da Justiça da Turquia anunciou que um total de 50.510 pessoas foram presas, enquanto que 169.013 outras estiveram sujeitas a procedimentos legais desde a tentativa fracassada de golpe na Turquia em 15 de julho de 2016 por acusações de golpe.

De acordo com dados publicados pelo Ministério da Justiça hoje, existem mandatos de prisão pendentes para 8.087 indivíduos, 152 deles são oficiais, 392 são policiais e 3 são governadores.

Entre os presos, há 169 generais, 7.089 coronéis e 24 governadores.

Um total de 2.431 membros do judiciário turco também estão entre os que foram presos logo após a tentativa de golpe de 15 de julho enquanto que 265 deles estão foragidos.

A tentativa de golpe militar em 15 de julho matou mais de 240 pessoas e feriu mil outras. Imediatamente após a tentativa de golpe, o governo do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) juntamente ao presidente da Turquia, Erdogan, colocaram a culpa no Movimento Gulen.

Fethullah Gulen, que inspirou o movimento, negou fortemente ter qualquer papel no golpe fracassado e pediu por uma investigação internacional, mas o Presidente Erdogan – chamando a tentativa de golpe de “um presente de Deus” – e o governo iniciaram um expurgo amplo com o objetivo de limpar os simpatizantes do movimento de dentro das instituições estatais, desumanizando suas figuras populares e colocando os participantes do Movimento Gulen na cadeia.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer