Últimas notícias

Câmara dos engenheiros diz que mais de 2 milhões podem ter participado da “ Manifestação da Justiça ”

Câmara dos engenheiros diz que mais de 2 milhões podem ter participado da “ Manifestação da Justiça ”
julho 11
09:55 2017

Uma câmara de engenheiros topográficos na Turquia disseram na segunda-feira que mais de 2 milhões de pessoas podem ter participado da “Manifestação da Justiça” organizada pelo principal partido de oposição, o Partido Popular Republicano (CHP) no domingo, refutando o Gabinete do Governador de Istambul, que deu uma estimativa muito mais baixa, dizendo que apenas 175.000 pessoas participaram da manifestação.

De acordo com uma declaração publicada pela Câmara de Engenheiros Topográficos, parte da União de Câmaras de Engenheiros e Arquitetos Turcos (TMMMOB), na segunda-feira, ao menos 1,5 milhão de pessoas estiveram no lugar da manifestação em Maltepe no domingo, e o número pode exceder 2 milhões com as pessoas em espaços adicionais em volta da área principal de manifestação.

“O local de encontro tem uma área de superfície de cerca de 275.000 metros quadrados. Além disso, havia também pessoas em áreas que estavam fechadas ao trânsito, que era por volta de 100.000 metros quadrados. Portanto, as pessoas se reuniram em uma área totalizando até 375.000 metros quadrados. Para calcular a participação, é geralmente estimado que entre três a seis pessoas ocupem cada metro quadrado. Portanto, podemos dizer que ao menos 1,5 milhão de pessoas participarem da Manifestação da Justiça”.

Em uma declaração no domingo, o vice presidente do grupo do CHP, Ozgur Ozel, disse que 1,6 milhão de pessoas participaram da Manifestação, mas uma declaração emitida pelo Gabinete do Governador de Istambul no final do domingo disse que o número de participantes era de 175.000. O gabinete do governador baseou suas descobertas na medição da área da superfície da localização.

O CHP organizou uma manifestação no final da Marcha da Justiça lançada pelo líder do CHP, Kemal Kilicdaroglu, em 15 de junho de Ancara a Istambul em protesto pela prisão do deputados do CHP, Enis Berberoglu, que foi sentenciado a 25 anos na prisão por vazar informações para uma reportagem sobre os caminhos da Organização de Inteligência Nacional (MIT) que transportavam armas para jihadistas na Síria.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer