Últimas notícias

Principal suspeito do golpe solicitou ajuda do chefe do exército para provar inocência

Principal suspeito do golpe solicitou ajuda do chefe do exército para provar inocência
julho 05
14:14 2017

O general aposentado Akin Ozturk, um ex-comandante das forças aéreas e um dos supostos líderes da tentativa fracassada de golpe em 15 de julho do ano passado, havia enviado cartas ao Chefe de Estado-Maior, o General Hulusi Akar, e o então vice Chefe de Estado-Maior, o General Yasar Guler, para buscar a ajuda deles para provar sua inocência após sua detenção em 18 de julho de 2016, informou o jornal Hurriyet ontem.

De acordo com uma reportagem, Ozturk pediu a ajuda de Akar e Guler para provar que ele não estava com os golpistas no noite de 15 de julho e disse: “Por favor, façam o que for necessário o mais cedo possível”, em sua carta.

As cartas foram entregues por Guler ao escritório de um promotor em Ancara como “constituindo evidências de um crime”.

“Honrável comandante, contei ao promotor Serdar Coskun sobre os incidentes que passamos juntos em 15 de julho depois de dois dias de detenção. Naturalmente, citei você, Guler, o chefe das forças aéreas e os outros generais que resgatamos como testemunhas. É de importância vital que os seus testemunhos sejam incluídos no indiciamento preparado pelo promotor. Eu sinceramente acredito que vocês vão fazer o que for necessário nesta questão”, escreveu Ozturk na carta endereçada a Akar.

Na carta para Guler, Ozturk escreveu: “Você ser uma testemunha é muito significativo durante a preparação do indiciamento pelo promotor. É por isso que penso ser bom para você intervir assim que possível. Não tenho informações sobre os eventos que se desenrolaram. Algumas pessoas nos colocam em alguns lugares [uma armadilha]”.

Ozturk foi detido juntamente a muitos outros militares em 18 de julho, imediatamente após a tentativa fracassada de golpe militar que matou 249 pessoas – incluindo civis – na Turquia. Ozturk foi preso em 19 de julho sob suspeita de tramar o golpe.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer