Últimas notícias

Flynn sob investigação do Pentágono

Flynn sob investigação do Pentágono
Maio 02
17:00 2017

Uma investigação foi lançada pelo inspetor geral do Pentágono contra Michael Flynn, um general americano aposentado e assessor de segurança nacional do Presidente Donald Trump até ser demitido, para averiguar se Flynn aceitou dinheiro de entidades estrangeiras, incluindo os governos da Rússia e da Turquia ou de grupos que as representem, sem primeiro assegurar a aprovação requerida.

Flynn está enfrentando desafios legais por ter aceitado mais de meio milhão de dólares de uma empresa holandesa que pertence a um empresário turco com laços estreitos com o governo turco e 45.000 dólares da rede estatal de televisão RT.

O inspetor geral do Departamento de Defesa está investigando se Flynn “não conseguiu obter a aprovação requerida antes de receber qualquer emolumento de um governo estrangeiro”, de acordo com uma carta de 11 de abril publicada por Democratas na Comissão da Câmara para Supervisão e Reforma do Governo, como foi relatado pela Reuters.

Não ter conseguido assegurar uma aprovação violaria regulações militares que aplicam uma proibição constitucional para oficiais atuais ou aposentados contra aceitar “emolumentos” de poderes estrangeiros, dizia a carta.

Além de Flynn ter recebido 45.000 dólares para falar em um jantar de gala da RT em 2015 em que se sentou com o presidente russo Vladimir Putin, o agora defunto Flynn Intel Group em 2016 recebeu 530.000 dólares da Inovo BV, uma empresa baseada na Holanda que pertence ao empresário turco Ekim Alptekin, para promover os interesses do governo turco enquanto Flynn era o assessor de política externa para a campanha de Trump. Alptekin não faz parte do governo do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP) mas possui laços estreitos com o presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

Flynn se registrou retroativamente com o Departamento de Justiça como um agente estrangeiro em março, depois que foi demitido pela administração por não revelar seus contatos com o embaixador russo nos EUA antes de Trump assumir o gabinete.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Mailer