Últimas notícias

Médico preso morre de ataque do coração na prisão

Médico preso morre de ataque do coração na prisão
março 27
16:00 2017

Ali Ozer, um médico de 48 anos que foi preso devido às suas supostas ligações com o Hizmet (movimento baseado na fé), morreu de ataque do coração na Prisão Corum.

Ozer havia sido o vice médico-chefe no Hospital Estadual Nallihan em Ancara.

O médico morreu no Hospital de Ensino e Pesquisa Corum, para onde ele foi levado depois de sofrer um ataque do coração em sua ala na prisão.

O corpo de Ozel foi enviado para o Conselho de Medicina Forense de Ancara para uma autópsia.

A Turquia passou por uma tentativa de golpe militar em 15 de julho que matou mais de 240 pessoas e feriu mais mil outras. Imediatamente após a tentativa, o governo do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) juntamente ao Presidente Recep Tayyip Erdogan colocaram a culpa sobre o Hizmet, apesar da falta de qualquer evidência nesse sentido.

Apesar de o Hizmet negar fortemente ter qualquer papel na tentativa de golpe, o governo acusa ele de ter arquitetado o golpe frustrado. Fethullah Gulen, que inspirou o movimento, clamou por uma investigação internacional sobre a tentativa de golpe, mas o Presidente Erdogan — chamando a tentativa de golpe de “um presente de Deus” — em o governo iniciaram um expurgo amplo com o objetivo de limpar os simpatizantes do movimento de dentro das instituições estatais, desumanizando suas figuras populares e colocando-as sob custódia.

Aconteceram muitos casos de suicídio e mortes na prisão, sendo que alguns deles foram considerados suspeitos, de pessoas que foram afetadas pelo expurgo do Hizmet.
Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer