Últimas notícias

Ministro das Relações Exteriores da Turquia: estou indo para a Alemanha, e ninguém pode me impedir

Ministro das Relações Exteriores da Turquia: estou indo para a Alemanha, e ninguém pode me impedir
março 07
16:51 2017

No meio de laços desgastados devido ao cancelamento de comícios sobre o referendo que seriam feitos por ministros turcos na Alemanha, o Ministro das Relações Exteriores turco, Mevlut Cavusoglu, disse antes de sua partida para Hamburgo que ele está indo para a Alemanha e que ninguém pode impedi-lo.

Apesar do fato de que sua programação em Hamburgo não foi cancelada mas postergada pela municipalidade local na segunda-feira, Cavusoglu disse: “Vou me reunir com meus queridos cidadãos em Hamburgo. Ninguém pode impedir isso, e ninguém deve tentar”.

Em uma declaração na mídia alemã, uma autoridade da Municipalidade Mitte de Hamburgo, que não teve o nome revelado, disse que o estabelecimento, o Centro de Eventos Plaza, onde Cavusoglu havia planejado falar na terça-feira, não pode ser usado “depois que sérios perigos de segurança quanto a incêndios foram identificados e o uso da propriedade foi proibido imediatamente”.

A autoridade alemã não revelou o nome nem a localização do novo estabelecimento, mas acrescentou que isso seria anunciado no começo da terça-feira.

No início da terça-feira, Cavusoglu disse que o cancelamento dos comícios de ministros turcos na Alemanha era inaceitável e acrescentou que “os países ocidentais estão morrendo de inveja por causa da força da Turquia”.

Ele também disse que a Europa está indo em direção de um desastre como consequência de ter se rendido a partidos políticos racistas e afirmou: “A Turquia pode guiar a Europa e ajudar a salvá-la, se as autoridades europeias recuperarem seus juízos”.

“Ninguém pode nos impedir de ir lá [na Europa] e nos encontrarmos com os nossos cidadãos; estamos indo para lá e vamos nos encontrar com os nossos cidadãos. Eles fazem pressão sobre os hotéis e salões, enviam a polícia e então alegam que é uma decisão local. Isso é pressão sistemática. E, tanto o estado quanto o estado profundo estão envolvidos nisso”, disse ele.

Na semana passada, as autoridade locais em Gaggenau e Colônia cancelaram os programas do Ministro da Justiça Bekir Bozdag e o do Ministro da Economia Nihat Zeybekci, que fez com que os laços entre os dois países ficar desgastada.

Zeybekci, contudo, foi a cidade de Leverkusen no oeste da Alemanha para um evento na sexta-feira e fez um discurso a expatriados e pediu com veemência apoio ao referendo constitucional.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer