Últimas notícias

Vice-Premiê Kurtulmus: Estado de emergência deve continuar por quanto for necessário

Vice-Premiê Kurtulmus: Estado de emergência deve continuar por quanto for necessário
dezembro 27
14:16 2016

O estado de emergência que a Turquia declarou logo após a tentativa frustrada de golpe em julho vai continuar, com o Vice Primeiro-Ministro Numan Kurtulmus dizendo na terça-feira que ele permaneceria valendo o quanto fosse necessário.

Em resposta a uma pergunta sobre se o estado de emergência (OHAL) seria suspenso, Kurtulmus disse que apesar de que, como governo, eles preferiam acabar com ele antes do referendo sobre a presidência executiva planejado para ser realizado no começo de 2017, nenhuma decisão desse tipo foi feita.

Kurtulmus disse que o estado de emergência não foi declarado por nenhuma razão mas em vez disso para lutar contra organizações terroristas.

Sob o estado de emergência, o governo avançou com muitos decretos controversos que têm força de lei e não se requer que sejam aprovados pelo Parlamento. Em alinhamento com esses decretos, cerca de 115.000 pessoas foram expurgadas dos órgãos estatais sob acusações de golpe.

No começo de dezembro, o ex Presidente Abdullah Gul e a maior associação comercial da Turquia, TUSIAD, clamaram pelo fim do estado de emergência.

E ainda mais, a Iniciativa Unidade pela Democracia, que foi estabelecida por um grupo de intelectuais turcos, decidiu lanças uma campanha por todo o país para pedir pelo fim do estado de emergência que foi declarado logo após a tentativa fracassada de golpe em 15 de julho.

O estado de emergência foi declarado por três meses em 21 de julho. Foi estendido por outros três meses em 19 de outubro e vai expirar oficialmente em 19 de janeiro de 2017.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer