Últimas notícias

Erdogan e Putin discutem ataque contra soldados turcos na Síria

Erdogan e Putin discutem ataque contra soldados turcos na Síria
novembro 26
10:29 2016

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan e seu colega russo, Vladimir Putin, discutiram o conflito na Síria e ataques contra as tropas turcas lá em uma ligação telefônica na sexta-feira, disseram fontes da Presidência turca.

De acordo com uma declaração do gabinete do presidente, Erdogan contou a Putin que a Turquia respeitou a integridade territorial da Síria e que uma incursão lançada em agosto para expulsar militantes do Estado Islâmico na Iraque e no Levante (ISIS) da fronteira é evidência da determinação de Ancara em lutar contra grupos de militantes.

O Kremlin disse que a discussão sobre a Síria foi construtiva e que ambos os lados concordaram a continuar com um diálogo ativo para coordenarem esforços contra o terrorismo internacional.

Três soldados turcos foram mortos e 10 foram feridos perto da cidade síria de al-Bab na quinta-feira em um ataque aéreo que se acredita ter sido realizado por forças do governo sírio, disse o exército turco. A Rússia está entre os principais financiadores do presidente sírio Bashar al-Assad.

A Presidência turca disse que ambos os líderes também concordaram em tentar resolver a crise humanitária em Alepo, onde um cerco do governo contra a parte leste da cidade, que está nas mãos dos rebeldes, foi agravada por ataques aéreos frequentes e reiterados contra hospitais na semana passada, e que deixaram os residentes desesperadamente com falta de remédios, comida e combustível.

Grupos rebeldes na leste de Alepo concordaram com um plano da ONU para entregas de ajuda humanitária e evacuações médicas, mas as Nações Unidas estão esperando pelo sinal vermelho da Rússia e do governo sírio, disse a ONU na quinta-feira.

O assassinato dos soldados turcos na quinta-feira – o primeiro aniversário do abatimento do caça russo sobre a Síria feito pela Turquia – suscitou temores de uma escalada em um campo de batalha que já é bem complexo. Ancara e Moscou apenas restauraram laços, que haviam sido degradados pelo incidente da caça, em agosto.

As baixas mais recentes trazem o número de soldados turcos mortos na Síria a 17 desde que Ancara lançou uma incursão três meses atrás para tentar expulsar militantes curdos e do ISIS do território sírio ao longo de suas fronteira.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer