Últimas notícias

Erdogan: Gulenistas querem controlar o mundo

Erdogan: Gulenistas querem controlar o mundo
agosto 31
10:12 2016

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan renovou seu chamado ao povo para informar as autoridades sobre os seguidores do erudito islâmico Fethullah Gulen e disse que os Gulenistas querem controlar não apenas a Turquia, mas também o mundo todo.

Discursando no Palácio Presidencial, Erdogan disse que as autoridades tem batalhado contra a Organização Terrorista Fethullah Gulen (FETO), um termo que ele usa em referência ao movimento Gulen, pelos últimos três anos. Ele renovou seu apelo ao povo por mais informação acerca do gulenistas.

“Após o último ataque hediondo pelo FETO, os que ainda estão presentes entre essas pessoas serão considerados como traidores, inimigos do povo. Portanto, vocês devem identificar qualquer simpatizante e informar imediatamente às autoridades sobre eles”, disse Erdogan.

O governo lançou uma repressão sem precedentes sobre o movimento desde a tentativa de golpe fracassada em 15 de julho. Erdogan culpa o grupo liderado por Gulen, que é radicado nos EUA, pelo esforço golpista para derrubá-lo. Gulen nega a acusação e rejeita qualquer ligação com a tentativa de golpe.

Desde 15 de julho, o governo prendeu quase 22.000 pessoas devido a supostas ligações com o movimento Gulen.

Erdogan diz que o primeiro ataque do grupo foi a investigação de corrupção de 17 a 25 dezembro três anos atrás e que desde então o governo vem lutando para desalojar da burocracia estatal os suspeitos de serem seguidores de Gulen.

Ele disse que o “FETO” e o Daesh, um acrônimo árabe para o Estado Islâmico no Iraque e na Síria (ISIS), são as duas ameaças terroristas mais sérias a segurança nacional da Turquia. Ele concluiu que o movimento está tentando tomar o controle do mundo. Por essa razão, ele ainda disse, eles operam em 170 países.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer