Últimas notícias

Turquia evita golpe militar

Turquia evita golpe militar
julho 16
10:56 2016

A Turquia impediu uma tentativa de golpe militar depois que um total de 90 pessoas, incluindo 47 civis, 41 policiais e dois soldados foram mortos nos confrontos que eclodiram entre a polícia e os militares. O principal comandante do exército foi resgatado dos soldados rebeldes após 11 horas de cativeiro e o Parlamento Turco, junto com o palácio presidencial foram atingidos por ataques aéreos no começo da manhã do sábado.

A tentativa de golpe militar revelou-se ter sido iniciada pela Força Aérea e pelo Comando-Geral de Gendarmeria e não ter sido aprovado pelo Chefe do Estado-Maior Hulusi Akar e outros oficiais superiores do exército. Akar foi feito cativo no prédio do Comando-Geral de Gendarmeria por um grupo de soldados rebeldes. Ele foi salvo pela polícia após uma operação de 11 horas.

Um total de 200 soldados no Comando-Geral de Gendarmeria se renderam à polícia depois de retirarem seus uniformes. Mais de 2.000 soldados foram detidos por estarem envolvidos na tentativa de golpe, enquanto que outros 104 soldados foram mortos.

O Comandante do Primeiro Exército, o General Umit Dundar, foi indicado como o Vice Chefe do Exército no Sábado. Dundar fez uma discurso na televisão em que dizia “A Turquia testemunhou um colapso nervoso de um grupo que bombardeou suas próprias instituições e que abriram fogo sobre o seu próprio povo”.

Na noite de sexta-feira, Dundar contou à mídia que o grupo rebelde era do Primeiro Exército e que consistia de um pequeno número de soldados. Dundar disse: “Não há com que se preocupar; estamos tomando as medidas necessárias com as tropas que não tomaram parte [na tentativa de golpe] e que atuam dentro de uma cadeia de comando”. Dundar ainda disse que está cooperando com o governador de Istambul para resolver o problema.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer