Últimas notícias

Soldados se retiram do aeroporto de Istambul

Soldados se retiram do aeroporto de Istambul
julho 15
22:27 2016

Os soldados começaram a recuar do Aeroporto Ataturk de Istambul e um coronel, junto com três soldados, foram detidos pela polícia, enquanto isso o povo tomou as ruas com bandeiras turcas e confrontando os tanques do exército em o que é considerado ser uma tentativa de golpe por um grupo pequeno dentro do exército.

De acordo com relatos, a tentativa de golpe militar que abalou a Turquia na noite de sexta-feira foi organizada por um grupo dissidente de soldados que estavam agindo fora da cadeia de comando. É relatado que a tentativa de golpe ocorreu em algumas províncias como tais como Istambul, Ancara e Sakarya.

O Primeiro Comandante do Exército, o General Umit Dundar contou à mídia que o grupo rebelde estava dentro do Primeiro Exército e que consistia de um pequeno número de soldados. Dundar disse: “Não há com que se preocupar; estamos tomando as medidas necessárias com as tropas que não tomaram parte [na tentativa de golpe] e que agem dentro da cadeia de comando”. Dundar ainda disse que tem cooperado com o governador de Istambul para resolver o problema.

Enquanto isso, um promotor de Istambul lançou uma investigação contra os responsáveis pela tentativa de golpe e ordenou que o pessoal militar envolvido no incidente seja preso imediatamente depois de capturados.

Grupos de manifestantes subiram nos tanques do lado de fora do prédio do Quartel General em Ancara e na Rua Vatan em Istambul. Em frente do Gabinete do Governador de Sakarya, soldados acompanhados por um tanque foram forçados a recuar depois de serem confrontados pelo povo.

Outros relatos alegaram que soldados abriram fogo sobre os manifestantes que tentavam marchar sobre a Ponte do Bósforo de Istambul e que tiros foram ouvidos do lado de fora do palácio presidencial. Enquanto isso, um grande grupo de pessoas foram vistas marchando em direção do palácio presidencial em solidariedade com o governo.

Foi relatado que um helicóptero militar atirou sobre o prédio da emissora estatal TRT, e atingiu a cabine de segurança. O incidente ocorreu depois que a TRT foi fechada pelo governo logo após uma declaração que estava sendo transmitida, e que declarava uma tomada pelo exército e impondo um toque de recolher.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer