Últimas notícias

Erdogan: relações com a Rússia serão restauradas

Erdogan: relações com a Rússia serão restauradas
junho 28
12:24 2016

O Presidente Recep Tayyip Erdogan disse acreditar que as relações com a Rússia serão restauradas imediatamente devido a uma carta que enviou ao líder russo Vladmir Putin, desculpado-se pelo caça russo que a Turquia abateu e pela morte do piloto russo.

Discursando durante um evento de jantar de iftar organizado por comerciantes no Palácio Presidencial Bestepe em Ancara, Erdogan destacou na segunda-feira que escrever uma carta para se desculpar a Putin pelo abatimento pela Turquia do caça russo no final de 2015 foi um passo para eliminar consequências “negativas” do incidente.

Na carta que enviei [a Putin], expressei meu pesar pelo incidente e o lembrei das oportunidades de cooperação regional [entre os dois países]. A Turquia sempre mostrou que é um país que passa confiança aos seus amigos. Acredito em esforços para desenvolver os passos estratégicos que levam para a restauração das relações também com esse vizinho próximo nosso. … Acredito que deixaremos esta atual situação, que é uma desvantagem para ambos os países, para trás e normalizaremos nossos laços imediatamente”, disse Erdogan.

De acordo com as afirmações do Primeiro-Ministro Binali Yildirim em um programa na TV na noite de segunda-feira, esperara-se que Putin e Erdogan conversem por telefone na quarta-feira ou na quinta-feira.

O Kremlin anunciou na segunda-feira que Erdogan se desculpou ao líder russo Vladmir Putin em uma carta pela Turquia ter abatido um caça russo no final de 2015.

De acordo com a Reuters, a declaração do Kremlin disse que Putin recebeu uma carta de Erdogan “na qual o líder turco expressava eu desejo para resolver a situação relacionada ao abatimento do avião militar russo”.

A seguinte afirmação de Erdogan na carta foi citada: “Quero mais uma vez expressar minha simpatia e profundas condolências à família do piloto russo que faleceu e digo: ‘desculpas’”.

Um caça russo foi abatido por um caça turco próximo à fronteira turca com a Síria em 24 de novembro de 2015. Logo após o incidente, duas declarações oficiais contraditórias vieram dos dois países. De acordo com o presidente russo Putin, o Su-24 foi atingido por mísseis ar-ar disparado pelo F-26 turco conforme sobrevoava território sírio. Contudo, o governo turco alegou que o avião russo violou o espaço aéreo turco e que foi atacado depois de ser avisado.

Relata-se que o piloto do avião russo abatido foi morto com um tiro conforme descia de paraquedas após sobreviver à explosão.

A Rússia impôs várias sanções sobre a Turquia em resposta ao incidente. Duas semanas atrás o porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov afirmou que a Rússia está disposta a emendar as relações com a Turquia, contudo, Ancara precisa primeiro dar um passo. Não houve comentário de imediato vindo de Ancara.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer