Últimas notícias

Acadêmicos turcos julgados por “propaganda terrorista”

Acadêmicos turcos julgados por “propaganda terrorista”
Abril 23
22:33 2016

Os investigadores universitários assinaram uma petição que denunciava as operações militares do Governo contra os rebeldes curdos no sudeste do país

Quatro acadêmicos turcos começam hoje a ser julgados por “propaganda terrorista”, no mais recente de vários casos de justiça que evidenciam o aumento das restrições à liberdade de expressão durante o mandato do Presidente Erdogan.

Os investigadores universitários estão a ser processados por terem assinado uma petição, juntamente com mais de mil colegas e apoiantes, que denunciava as operações militares do Governo contra os rebeldes curdos no sudeste do país.

Manifestações são esperadas em Istambul antes do julgamento, que está agendado para as 14:00 (12:00 em Lisboa).

A petição instava Ancara a suspender “os seus deliberados massacres e deportações de curdos e outras pessoas na região”, enfurecendo o Presidente Recep Tayyip Erdogan, que acusou os acadêmicos de caírem num “poço de traição”.

Os quatro são acusados de envolvimento em “propaganda terrorista” e de “incitar ao ódio”, não apenas por assinarem a petição, mas por fazerem declarações na mesma linha a 10 de março, um dia antes da petição ser publicada.

Se forem condenados, Esra Mungan Gursoy, Meral Camci, Kivanc Ersoy e Muzaffer Kaya enfrentam até sete anos e meio de prisão, de acordo com a organização autora da petição, Acadêmicos para a Paz.

A Turquia trava uma ofensiva contra o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), mas ativistas curdos dizem que dezenas de civis morreram devido ao uso excessivo de força.

A decisão de levar acadêmicos e jornalistas a tribunal tem gerado preocupação em relação à liberdade de expressão durante o mandato de Erdogan.

Os Estados Unidos e a União Europeia já tinham expressado apreensão com o julgamento de dois jornalistas do jornal Cumhuriyet, por publicarem artigos sobre a entrega de armas, pelo Governo turco, a islamitas na Síria.

O julgamento dos jornalistas, à porta fechada, entra hoje no terceiro dia.

Fonte: http://www.dn.pt/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Mailer