Últimas notícias

Fethullah Gülen: “A crueldade do EIIL merece nossa mais enérgica condenação.”

Fethullah Gülen: “A crueldade do EIIL merece nossa mais enérgica condenação.”
março 23
14:51 2016

Como muçulmano praticante, profundamente influenciado pelos princípios da minha religião, energicamente condeno as atrocidades do grupo terrorista Estado Islâmico no Iraque e Levante (EIIL). As ações deles são uma desgraça para a fé que proclamam, além de crimes contra a humanidade. A religião provê as fundações para o estabelecimento da paz, direitos humanos, liberdade e o estado de direito. Quaisquer interpretações contrárias, incluindo o abuso da religião para alimentar conflitos, são falsas ou enganosas.

Fethullah Gülen: “A crueldade do EIIL merece nossa mais enérgica condenação.”

Fethullah Gülen: “A crueldade do EIIL merece nossa mais enérgica condenação.”

EIIL não é o primeiro grupo a utilizar retórica religiosa para mascarar sua crueldade – a Al-Qaeda fez o mesmo 13 anos atrás e, mais recentemente, o Boko Haram. O que todos eles têm em comum é uma mentalidade totalitária que nega aos seres humanos sua dignidade.

Qualquer forma de violência contra civis inocentes ou a perseguição de minorias contradiz os princípios do Alcorão e da tradição de nosso Profeta (a paz e bênçãos estejam com ele). Os membros do EIIL ou são completamente ignorantes sobre a religião que professam, ou suas ações são designadas para servir a seus interesses pessoais ou aos de seus mestres políticos. Não obstante, suas ações representam as de um grupo terrorista e, como tal, devem ser trazidos à justiça e compelidos a responder por seus crimes horrendos.

Envio as minhas mais sinceras condolências às famílias dos mortos no Iraque e Síria e às famílias de James Foley, Steven Sotloff e David Haines. Que Deus lhes dê força, paciência e perseverança e alivie seu sofrimento. Oro pela libertação imediata e segura dos reféns e peço a Deus, o Misericordioso, que guie a todos nós a um mundo de respeito mútuo e paz. Convido a todos a se juntarem a mim nessa oração.

Fethullah Gülen
Erudito islâmico, pregador e defensor social.

Publicado em The New York Times, The Wall Street Journal, Washington Post, The Los Angeles Times e Chicago Tribune, 17 de setembro de 2014.

Fonte: http://pt-hizmetmovement.blogspot.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer