Últimas notícias
  • Embaixada da Turquia nas Filipinas espionou 29 críticos de Erdoğan A Embaixada da Turquia nas Filipinas espionou os cidadãos turcos no país e encaminhou a lista de perfis ilegais para Ancara, o que levou ao lançamento de procedimentos judiciais infundados contra eles, informou o Nordic Monitor, citando documentos legais. ...
  • Lira turca atinge recorde de baixa enquanto Erdogan despede banqueiros centrais A lira turca afundou a uma baixa recorde em relação ao dólar americano na quinta-feira depois que o presidente Recep Tayyip Erdoğan demitiu três membros do banco central em um decreto no meio da noite, informou a Agence France-Presse. ...
  • Condições de trabalho degradantes expulsam médicos da Turquia Milhares de médicos estão deixando a Turquia como resultado dos baixos salários aliados à violência que enfrentam de pacientes zangados e seus familiares, uma situação só agravada pela pandemia do coronavírus e pela crise econômica resultante. ...
  • SADAT, “Exército paralelo” de Erdoğan, pode assassinar dissidentes O notório chefe da máfia turca, Sedat Peker, alegou em uma série de tweets que a SADAT, um grupo paramilitar ligado ao Presidente Recep Tayyip Erdoğan, poderia possivelmente realizar assassinatos de dissidentes que vivem na Turquia e no exterior num futuro próximo, noticiou a mídia local. ...
  • Deputado pede a libertação de paciente com câncer terminal Um deputado do Partido Democrata Popular (HDP), pró-curdo, pediu a libertação imediata de Ayşe Özdoğan, uma mulher criticamente doente que sofre de uma forma rara de câncer e foi enviada para a prisão para cumprir uma sentença de condenação por vínculos com o movimento Hizmet no início deste mês, informou a mídia local. ...
  • Outro Dia, Outro Expurgo no Banco Central da Turquia As cabeças estão rolando no banco central da Turquia, desta vez por não baixar as taxas de juros agressivamente o suficiente. Cortes mais profundos provavelmente virão, talvez logo na próxima semana. Este é um jogo perigoso quando a maior parte do mundo está se movendo na direção oposta. É improvável que uma moeda já maltratada se saia bem, e qualquer fragmento de credibilidade que a política monetária tenha deixado neste icônico mercado emergente será corroído. ...
  • O advogado do Twitter na Turquia tuita discurso de ódio contra o movimento Hizmet O advogado Gönenç Gürkaynak, que representa o Twitter na Turquia, usou de discurso de ódio contra apoiadores do movimento Hizmet numa série de tweets no sábado, perguntando se consideravam exterminar-se a si próprios, informou na segunda-feira o Stockholm Center for Freedom. ...
  • O Alto Custo de uma Turquia Imprevisível Faltando vinte meses para as eleições legislativas e presidenciais na Turquia, o debate político será feroz. O Ocidente poderá optar por não ver a sua relação com Ancara deteriorar-se ainda mais.  ...
  • Lançada investigação sobre assassinatos políticos antes das eleições de 2023 Um promotor turco iniciou uma investigação sobre as reivindicações, recentemente manifestadas por altas figuras da oposição, de que os assassinatos políticos podem ocorrer na Turquia à medida que as eleições de 2023 se aproximam, informou a mídia local na quarta-feira. ...
  • AKP e MHP rejeitam moção para investigar os atentados de 2015 em Ancara  Partido da Justiça e Desenvolvimento da Turquia (AKP) e seu aliado, o Partido do Movimento Nacionalista (MHP), rejeitaram uma moção parlamentar para investigar o ataque terrorista mais mortal da história da Turquia, que custou a vida de mais de 100 pessoas em Ancara em 2015, noticiaram os meios de comunicação turcos. ...

Mustafa Göktepe: ‘Nenhuma religião aprova o terrorismo’

Mustafa Göktepe: ‘Nenhuma religião aprova o terrorismo’
março 03
16:04 2016

Em entrevista para O Globo, o presidente do Centro Cultural Brasil-Turquia Mustafa Göktepe relata sua visão e experiência no Brasil. Na entrevista, Mustafa fala sobre terrorismo, futebol, novela e da relação da Turquia com este país. No resto da entrevista ele continua assim:

“Nasci em Konya, na Turquia, em 1977. Há 12 anos vivo no Brasil, onde conheci minha mulher. Depois de aprender português, passei a lecionar turco em universidades, como a USP, apesar de ser formado em informática. Em 2011, nós fundamos o Centro Cultural. Hoje tenho cidadania brasileira.” – Relata Mustafa Göktepe.

Conte algo que não sei.

Os brasileiros costumam confundir os turcos com nossos vizinhos árabes. Isso foi um choque para mim. Afinal, árabes e turcos nem falam o mesmo idioma. Seria como chamar um brasileiro de argentino.

Como funciona o Centro Cultural Brasil-Turquia?

Além de promover a cultura turca, nossa ideia é criar uma ponte entre dois países que não se conhecem bem. Nossas atividades, que buscam unir pessoas de todas as etnias, culturas e religiões em torno de valores universais, envolvem seminários, encontros acadêmicos e conferências sobre diversos temas, como o Festival de Língua e Cultura, que tem sua primeira edição na América Latina.

Quais são as atividades do CCBT Rio?

O espaço cultural e social carioca existe há dois meses. Fazemos seminários, encontros de chá turco e cursos de arte, como desenho e caligrafia turcas.

Quais são as semelhanças entre os dois países?

Na Turquia, tudo que eu sabia sobre o Brasil se resumia a samba, carnaval, Amazônia e futebol. Mas temos muitas coisas parecidas, principalmente a simpatia. Além dos problemas internos.

Há também a paixão pelo futebol.

Sim. O primeiro ídolo brasileiro foi o Taffarel, no Galatasaray. E temos o Alex, é claro, que é amado pelos torcedores do Fenerbahçe. Há até uma estátua dele em praça pública. O Alex ajudou a popularizar o Brasil. O futebol segue sendo o maior elo entre os dois países.

Como foi seu trabalho na novela “Salve Jorge”?

Atuei como consultor. Era uma oportunidade de desmistificar a visão equivocada que muita gente tem de nosso país. As pessoas me perguntavam se nós tínhamos aeroporto, se andávamos de camelo, se havia carros na Turquia. Seria como pensar que todo brasileiro joga futebol pelado pelas ruas (risos). O resultado foi positivo, apesar de alguns equívocos. Após a novela, o número de turistas brasileiros na Turquia aumentou consideravelmente.

Como o conflito na Síria afeta a Turquia?

Eu costumava dizer que a Turquia ficava num lugar estratégico, bem no centro do mundo, entre a Europa e Ásia. Hoje digo que a Turquia está num lugar muito complicado de se viver. Somos praticamente o único ponto de fuga dos refugiados sírios. Infelizmente, nosso governo tem usado isso como fator de barganha para tentar aprovar nossa entrada na União Europeia. É grave a crise.

Há preconceito contra muçulmanos no Brasil?

Antes havia mais curiosidade e interesse pelo Islã. Contudo, após os ataques recentes, as coisas mudaram. Mas não existem terroristas muçulmanos ou católicos. Nenhuma religião aprova o terrorismo e a violência. Minha religião não é essa que eles professam. Sigo um Islã muito diferente. Afinal, islã significa paz.

Em “Istambul”, Orhan Pamuk fala da hüzün, a melancolia coletiva da cidade. Isso existe?

Essa expressão significa tristeza. Atualmente, a maior hüzün da Turquia é a perda dos valores democráticos, uma cinza preta que paira pelo país.

por Sérgio Luz
25/02/2016 6:00

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/sociedade/conte-algo-que-nao-sei/mustafa-goktepe-tradutor-nenhuma-religiao-aprova-terrorismo-18741845#ixzz41qNToMzf

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer