Últimas notícias

415 pessoas torturadas, 17 sequestradas na Turquia em 2021

415 pessoas torturadas, 17 sequestradas na Turquia em 2021
dezembro 09
20:18 2021

Quatrocentas e quinze pessoas foram torturadas em prisões e centros de detenção na Turquia e 17 foram sequestradas nos primeiros 11 meses de 2021, de acordo com um relatório divulgado pela Fundação de Direitos Humanos da Turquia (TİHV) e pela Associação de Direitos Humanos (İHD).

Segundo dados do TİHV, 3.540 pessoas, incluindo 28 menores, também foram submetidas a maus-tratos como resultado da intervenção das forças de segurança em protestos e reuniões pacíficas este ano, enquanto os dados do İHD mostraram que o mesmo número era de 3.671.

Entre as 17 pessoas que foram sequestradas em 2021, 16 foram libertadas no mesmo dia, enquanto uma foi libertada após cinco dias, diz o relatório, acrescentando que 11 delas foram submetidas a tortura ou maus-tratos.

O relatório sobre direitos humanos apontou o desaparecimento de Yusuf Bilge Tunç em plena luz do dia em 8 de agosto de 2019, dizendo que ele não foi mais ouvido desde então.

A família de Tunç tem reclamado constantemente da falta de cooperação das autoridades para encontrá-lo depois que sua esposa descobriu detalhes indicando que Tunç havia sido sequestrado.

De acordo com o relatório, pelo menos 22 pessoas morreram atrás das grades devido a negligência, suicídio, doença ou violência, e 290 mulheres morreram como resultado da violência doméstica nos primeiros 11 meses de 2021, enquanto 1.853 trabalhadores morreram em acidentes de trabalho na Turquia nos primeiros 10 meses do ano.

Um total de 119 pessoas, incluindo 36 oficiais de segurança, 80 militantes e três civis, morreram em conflitos armados no país este ano, e as forças de segurança mataram nove pessoas em batidas e disparando arbitrariamente contra uma multidão com o pretexto de não obedecerem a uma ordem para parar, o relatório também mostrou.

Seis pessoas, incluindo quatro crianças, morreram em acidentes envolvendo veículos blindados de segurança no país; nove pessoas morreram como resultado de ataques racistas ou de ódio; e 55.961 pessoas, incluindo 180 trabalhadores da área de saúde, morreram de COVID-19 em 2021, observaram as organizações.

O relatório mostrou ainda que foram iniciadas investigações em 36 membros da imprensa, 45 jornalistas foram detidos e dois foram presos este ano, com 59 atualmente atrás das grades.

Os tribunais turcos bloquearam o acesso a pelo menos 945 artigos de notícias on-line e 53 sites pertencentes a sete veículos de mídia, pelo menos 41 postos de mídia social e cinco contas de mídia social, as organizações declararam ainda.

Das 14 pessoas, incluindo um menor, que foram detidas por insultar o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan em 2021, sete foram presas enquanto uma foi colocada sob supervisão judicial.

Fonte: 415 people tortured, 17 abducted in Turkey in 2021: report – Turkish Minute

Marcadores

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer