Últimas notícias

O que é e Quem São a “gangue dos cinco”?

O que é e Quem São  a “gangue dos cinco”?
dezembro 10
19:06 2020

Um discurso proferido por Kemal Kılıçdaroğlu, líder do principal partido de oposição, Partido do Povo Republicano (CHP), em 7 de dezembro durante as negociações sobre o orçamento de 2021 no parlamento, foi o discurso político mais “apreciado” pelos espectadores turcos do YouTube nos últimos anos. O que tornou o discurso de Kılıçdaroğlu tão popular foi sua promessa de expropriar as propriedades de cinco empresários.

Os cinco empresários, assim como suas empresas, chamados pelos partidos da oposição de “gangue dos cinco”, são figuras que venceram quase todas as grandes licitações durante o governo do presidente turco Recep Tayyip Erdoğan. Esses empresários são: Presidente da Cengiz Holding, Mehmet Cengiz; Nihat Özdemir, CEO da Limak Holding; Presidente da MNG Holding, Mehmet Nazif Günal; Naci Koloğlu, CEO da Kolin Construction; e o presidente da Kalyon Construtora, Cemal Kalyoncu.

De acordo com dados do Banco Mundial, essas cinco empresas da Turquia estão entre os 10 maiores patrocinadores privados, do mundo, de projetos de infraestrutura pública por investimento na região e na área de investimento no setor primário durante o período de 1990 a 2020. Tendo  ganhado licitações avaliadas em US $ 30 bilhões para projetos de infraestrutura nos últimos quatro anos. Este número constitui 30 por cento de todas as licitações realizadas para projetos governamentais. O restante das licitações públicas foi dividido entre 20.851 empresas.

Os partidos da oposição acusam os cinco empresários de fraude em licitações e afirmam que eles são os maiores sonegadores fiscais da Turquia.

Licitações com garantia de receita do Tesouro

O que chama a atenção nos contratos que as cinco firmas conquistaram com o governo é que suas receitas são garantidas pelo Tesouro. O governo garante receita líquida às empresas que vencem licitações para construção de rodovias, pontes e aeroportos. O mais conhecido desses projetos é o novo Aeroporto de Istambul. O consórcio construtor e operacional do aeroporto conta com a garantia de um número crescente de passageiros todos os anos pelo governo, devendo atingir 130 milhões no 12º ano de contrato. No entanto, o Aeroporto de Istambul não tem visto um número anual de mais de 6 milhões de passageiros.

A licitação da terceira ponte do Bósforo também teve garantia de receita. O governo garantiu um número diário de 135.000 travessias de veículos. Se o número de veículos que cruzam a ponte for menor que o garantido, o déficit é pago pelo Tesouro. O governo pagou TL 1,6 bilhão (US $ 210 milhões) para a empresa que opera a ponte em 2019 porque menos veículos cruzaram a ponte do o número garantido.

Mehmet Cengiz é o mais próximo de Erdoğan

Entre os cinco empresários, o presidente da Cengiz Holding, Mehmet Cengiz, é o mais próximo do presidente Recep Tayyip Erdoğan. Outrora uma empresa de construção local, a Cengiz İnşaat tornou-se uma holding depois que Erdoğan chegou ao poder. A holding conquistou o terceiro maior número de licitações públicas do mundo, mostram os dados do Banco Mundial.

Apesar disso, a Cengiz Holding não está entre os maiores contribuintes da Turquia. A oposição também afirma que o governo de Erdoğan anulou várias vezes o endividamento fiscal da holding. De acordo com dados do Ministério das Finanças, TL 2 bilhões (US $ 256 milhões) em impostos acumulados da Cengiz Holding foram perdoados pelo governo de Erdoğan desde 2006. O valor das licitações públicas vencidas pela empresa no mesmo período foi de 19 bilhões de TL (US $ 2,4 bilhões).

As cinco empresas são acusadas de corrupção

Kılıçdaroğlu afirma que quase todos os grandes concursos foram atribuídos a estes cinco empresários há muito tempo e que se sabia de antemão quem os ganharia. Os maiores conglomerados da Turquia – Koç Holding, Sabancı Holding e Ülker Holding – não conseguiram vencer grandes licitações durante o governo de Erdoğan.

Em 2013, uma investigação de corrupção foi lançada tendo como alvo dezenas de suspeitos, incluindo quatro dos cinco empresários próximos a  Erdoğan. Entretanto, todos os policiais e promotores envolvidos na operação foram demitidos de seus empregos, devido à interferência de Erdoğan,  hoje a maioria desses policiais está atualmente atrás das grades.

Fonte:  https://www.turkishminute.com/2020/12/08/what-is-the-gang-of-five/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer