Últimas notícias
  • Forte terremoto atinge a Grécia, Chipre, Turquia e Egito Um forte terremoto atingiu várias ilhas na Grécia e outras regiões do Mediterrâneo Oriental, incluindo a região sul da Antália na Turquia, bem como cidades no Egito. ...
  • UE diz que Turquia ainda está “recuando” nas reformas e sombria nas chances de adesão O executivo da União Europeia disse na terça-feira que a candidatura da Turquia à adesão ao bloco havia "parado" em meio a sérias deficiências democráticas, em seu relatório anual mais crítico desde que Ancara iniciou as negociações de adesão há 16 anos. ...
  • Embaixada da Turquia nas Filipinas espionou 29 críticos de Erdoğan A Embaixada da Turquia nas Filipinas espionou os cidadãos turcos no país e encaminhou a lista de perfis ilegais para Ancara, o que levou ao lançamento de procedimentos judiciais infundados contra eles, informou o Nordic Monitor, citando documentos legais. ...
  • Lira turca atinge recorde de baixa enquanto Erdogan despede banqueiros centrais A lira turca afundou a uma baixa recorde em relação ao dólar americano na quinta-feira depois que o presidente Recep Tayyip Erdoğan demitiu três membros do banco central em um decreto no meio da noite, informou a Agence France-Presse. ...
  • Condições de trabalho degradantes expulsam médicos da Turquia Milhares de médicos estão deixando a Turquia como resultado dos baixos salários aliados à violência que enfrentam de pacientes zangados e seus familiares, uma situação só agravada pela pandemia do coronavírus e pela crise econômica resultante. ...
  • SADAT, “Exército paralelo” de Erdoğan, pode assassinar dissidentes O notório chefe da máfia turca, Sedat Peker, alegou em uma série de tweets que a SADAT, um grupo paramilitar ligado ao Presidente Recep Tayyip Erdoğan, poderia possivelmente realizar assassinatos de dissidentes que vivem na Turquia e no exterior num futuro próximo, noticiou a mídia local. ...
  • Deputado pede a libertação de paciente com câncer terminal Um deputado do Partido Democrata Popular (HDP), pró-curdo, pediu a libertação imediata de Ayşe Özdoğan, uma mulher criticamente doente que sofre de uma forma rara de câncer e foi enviada para a prisão para cumprir uma sentença de condenação por vínculos com o movimento Hizmet no início deste mês, informou a mídia local. ...
  • Outro Dia, Outro Expurgo no Banco Central da Turquia As cabeças estão rolando no banco central da Turquia, desta vez por não baixar as taxas de juros agressivamente o suficiente. Cortes mais profundos provavelmente virão, talvez logo na próxima semana. Este é um jogo perigoso quando a maior parte do mundo está se movendo na direção oposta. É improvável que uma moeda já maltratada se saia bem, e qualquer fragmento de credibilidade que a política monetária tenha deixado neste icônico mercado emergente será corroído. ...
  • O advogado do Twitter na Turquia tuita discurso de ódio contra o movimento Hizmet O advogado Gönenç Gürkaynak, que representa o Twitter na Turquia, usou de discurso de ódio contra apoiadores do movimento Hizmet numa série de tweets no sábado, perguntando se consideravam exterminar-se a si próprios, informou na segunda-feira o Stockholm Center for Freedom. ...
  • O Alto Custo de uma Turquia Imprevisível Faltando vinte meses para as eleições legislativas e presidenciais na Turquia, o debate político será feroz. O Ocidente poderá optar por não ver a sua relação com Ancara deteriorar-se ainda mais.  ...

Atenção concentra-se na causa do acidente de avião em Istambul

Atenção concentra-se na causa do acidente de avião em Istambul
fevereiro 11
15:45 2020

Condições meteorológicas severas, erro do piloto, pressão da companhia aérea para cortar gastos na segurança e condições precárias da pista e recusa do governo em substituí-la estão sendo consideradas possíveis causas do acidente que matou 3 pessoas e feriu 180

Estão sendo levantadas questões sobre a causa de um acidente na quarta-feira, em que uma aeronave da Pegasus Airlines derrapou na pista do aeroporto Sabiha Gökçen, em Istambul, deslizou por um aterro e se partiu em pedaços, matando três passageiros e ferindo 180 ocupantes a bordo.

O voo Pegasus PC2193, um Boeing 737-800 de 11 anos, partiu do Aeroporto Adnan Menderes de Izmir às 17h22 na quarta-feira, com destino a Sabiha Gökçen, em Istambul, com 183 passageiros e tripulantes a bordo. Uma tempestade estava passando por Istambul no momento em que o vôo chegou nas proximidades do aeroporto, com ventos de 30 nós. Segundo a emissora NTV, os controladores de tráfego aéreo notificaram os pilotos da Pegasus que outros dois aviões relataram fortes ventos de cauda e abortaram seus pousos pouco antes do voo PC2193 se aproximar do aeroporto, dizendo também que a pista designada poderia mudar devido às condições climáticas.

Os dois pilotos da Pegasus decidiram tentar uma aterrissagem apesar do aviso e pousaram às 18h19. na pista 06, mas não conseguiram parar completamente, ultrapassando os limites da pista e mergulhando em um aterro cerca de 20 metros abaixo da elevação da pista. A força do impacto quebrou o avião em três, com a seção dianteira da fuselagem girando de cabeça para baixo e a cauda se quebrando. Todos os 183 ocupantes foram evacuados, com alguns subindo por fendas na fuselagem antes da chegada das equipes de emergência.

Os investigadores estão analisando muitas causas possíveis, incluindo a velocidade do avião e o clima no aeroporto. O Ministério Público Anatólio de Istambul anunciou que os dois pilotos do PC2193 – que estão atualmente no hospital, um em estado grave – seriam ouvidos sob suspeita de “negligência que levou à morte e ferimentos”, segundo o canal estadual TRT. Os promotores fizeram declarações de duas equipes de controle de tráfego aéreo e dois funcionários do aeroporto, bem como dos pilotos dos outros dois aviões que abortaram pousos pouco antes do pouso do voo da Pegasus. Amostras de sangue foram coletadas para verificar a presença de álcool ou drogas, e os telefones dos pilotos foram confiscados, de acordo com o site do Aerotime Hub.

Houve suspeitas sobre os protocolos de segurança da companhia aérea e que poderia estar pressionando os pilotos a adotarem abordagens mais arriscadas para evitar atrasos e redirecionamentos dispendiosos, já que este é o terceiro incidente desse tipo envolvendo a Pegasus em pouco mais de dois anos. O acidente ocorreu menos de um mês depois que outro avião da Pegasus Airlines derrapou na pista no mesmo aeroporto de Istambul, em 7 de janeiro, causando o fechamento temporário da instalação. Em janeiro de 2018, outro Boeing 737 da frota Pegasus escorregou de uma pista no aeroporto de Trabzon, no nordeste da Turquia. O avião parou no barranco acima do mar Negro, com o nariz apontado para a água. Nenhuma lesão foi relatada em nenhum dos incidentes.

Outro possível fator em jogo no acidente na quarta-feira é a condição da pista, que segundo o ministro dos Transportes Cahit Turhan – dois dias antes do acidente – estava “exausta” e passava por manutenção todas as noites quando os vôos não estavam mais pousando.

Em janeiro, o Ministério dos Transportes rejeitou uma proposta para a construção de uma nova pista em Sabiha Gökçen, em uma suposta tentativa de desviar mais vôos para o novo aeroporto de Istambul, um projeto de estimação do presidente Recep Tayyip Erdoğan. De acordo com a mídia local, a capacidade atual das instalações do aeroporto claramente permitiria a abertura da nova pista, pois atendia a 35,5 milhões de passageiros em 2019, tendo capacidade para 41 milhões.

O avião já havia sido operado pela agora extinta companhia aérea alemã Air Berlin antes de ser adquirido pela Pegasus em maio de 2016. Antes do acidente de quarta-feira, a Pegasus estava programada para aposentar a aeronave assim que o leasing expirasse, pois a companhia aérea está se mudando para uma frota totalmente Airbus no futuro.

O CEO da Pegasus Airlines, Mehmet T. Nane, disse em uma entrevista coletiva em Istambul na quinta-feira que as caixas pretas do avião foram recuperadas e que os dados delas estavam sendo decifrados.

O fabricante da aeronave, a Boeing Company, emitiu um comunicado dizendo: “Continuamos recebendo relatórios de Istambul, na Turquia, sobre o acidente envolvendo a Pegasus Airlines. … Nossa principal preocupação agora é a segurança e o bem-estar dos passageiros e da tripulação a bordo. Estamos em contato com a nosso cliente da companhia aérea e oferecemos nosso apoio. Estamos prontos para ajudá-lo da maneira que for possível.”

Fonte: Attention focuses on cause of Pegasus Airlines crash in İstanbul

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer