Últimas notícias

Hrant Dink lembrado em Istambul 13 anos após seu assassinato

Hrant Dink lembrado em Istambul 13 anos após seu assassinato
janeiro 24
17:33 2020

Centenas de pessoas se reuniram no domingo em frente ao antigo escritório do jornal Agos em Istambul, onde o jornalista turco-armênio Hrant Dink foi assassinado há 13 anos, um assassinato que enviou ondas de choque por todo o país, informou a AFP.

Dink foi morto a tiros com duas balas na cabeça, em plena luz do dia, no centro de Istambul, em 19 de janeiro de 2007, por um adolescente de 17 anos que estava desempregado que havia largado o ensino médio.

Dink, 52 anos, era editor-chefe do semanário bilíngue (turco-armênio) Agos e um defensor feroz da reconciliação entre turcos e armênios.

Sua morte tornou-se um escândalo mais amplo depois que foi descoberto que as forças de segurança estavam cientes do plano de assassinato, mas falharam em agir.

“Por Hrant, por justiça”, bradavam as multidões em Istambul. “Nós não esquecemos e não vamos deixar que seja esquecido.”

Uma foto gigante de Dink estava pendurada do lado de fora do antigo prédio do Agos, cheia de slogans que diziam “Não é tarde demais para se envergonhar” e “Este caso não vai acabar antes de dizermos que acabou”.

A polícia turca aumentou a segurança e bloqueou a rua onde a comemoração estava sendo realizada.

Após a cerimônia, cravos foram colocados na calçada, onde Dink foi morto a tiros.

Fonte: Hrant Dink commemorated in İstanbul 13 years after his murder: report

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer