Últimas notícias

Editor turco enfrenta até 15 anos por reportagem sobre informantes

Editor turco enfrenta até 15 anos por reportagem sobre informantes
dezembro 03
11:37 2019

Um promotor turco redigiu uma acusação contra Doğan Akın, editor e fundador do site de notícias T24, por reportar os tweets de um informante do governo entre 2014 e 2016, buscando até 15 anos de prisão, disse T24.

Akın enfrenta acusações relacionadas ao terrorismo pela cobertura de 108 tweets de Fuat Avni, um informante anônimo que forneceu informações privilegiadas de dentro do círculo interno do presidente Recep Tayyip Erdoğan.

O promotor acusou Akın de ajudar e favorecer deliberadamente uma organização terrorista, apesar de não ser membro dela.

Em agosto, o site de notícias havia relatado uma investigação lançada em vários sites de notícias turcos por contarem sobre os tweets de Fuat Avni.

O bem conhecido usuário do Twitter forneceu informações sobre corrupção dentro do governo, além de ações ilegais das autoridades e foi seguido por quase 3 milhões de pessoas.

A Turquia ficou em 157º lugar entre 180 países no Índice Mundial de Liberdade de Imprensa de 2018 divulgado em abril pelo Repórteres Sem Fronteiras (RSF). O país também foi descrito pelo Conselho da Europa e por vários grupos de direitos humanos como o maior carcereiro de jornalistas do mundo.

Fonte: https://www.turkishminute.com/2019/11/29/turkish-online-news-editor-faces-up-to-15-years-for-reporting-on-govt-whistleblower/

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer