Últimas notícias

Turquia julga supostos envolvidos na tentativa de derrubar presidente

Turquia julga supostos envolvidos na tentativa de derrubar presidente
dezembro 27
15:13 2016

Começou nesta terça-feira (27), em Istambul, o primeiro julgamento de supostos envolvidos no golpe de Estado frustrado de 15 de julho, na Turquia.

No tribunal, 29 policiais são acusados de desobedecer ordens para proteger o palácio presidencial, segundo a agência estatal Anadolu.

Promotores querem penas de prisão perpétua para 21 dos acusado, por “tentativa de derrubar a ordem constitucional e o governo”, e de 15 anos de prisão para os outros oito, por “associação à organização terrorista armada”. As primeiras audiências devem durar quatro dias, de acordo com a Anadolu.

“Vamos garantir que os culpados, no âmbito do Estado de direito, recebam a maior punição possível”, declarou Orhan Cagri Bekar, secretário-geral da Associação de 15 de julho, criada para defender as vítimas do golpe frustrado.

A imprensa está proibida de entrar no prédio com câmeras e outros equipamentos. A segurança no tribunal de Silivri foi reforçada por grande aparato policial.

Desde a tentativa de derrubada do presidente Recep Tayyip Erdogan, cerca de 40.000 pessoas foram presas no país.

EXPURGO

A tentativa de golpe de 15 de julho, que contou com tanques e helicópteros e quase teve sucesso, deixou mais de 270 mortos. Erdogan tem sufocado o país desde então, em um cenário de constante piora das liberdades civis, levando a atritos com a União Europeia.

Mais de 100.000 pessoas, incluindo militares, policiais, funcionários públicos e do setor privado, foram demitidas ou suspensas.

Especialistas ouvidos recentemente pela Folha preocupavam-se que o ambiente de perseguições leve a uma fuga de cérebros. Ademais, as milhares de detenções causam a discriminação de determinados setores sociais.

Fonte: www.folha.com.br

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer