Últimas notícias

General golpista nega se oferecer para colocar chefe do exército em contato com Gulen por telefone

General golpista nega se oferecer para colocar chefe do exército em contato com Gulen por telefone
outubro 31
13:10 2016

O Brigadeiro General Hakan Evrim, um dos membros militares que fizeram parte do golpe fracassado em 15 de julho, negou alegações do Chefe de Estado-Maior Hulusi Akar, que disse que Evrim ofereceu colocar ele em contato com o erudito islâmico turco Fethullah Gulen por telefone na noite do golpe, relatou o jornal Sozcu no domingo.

Akar e todos os comandantes das forças foram feitos reféns pelos golpistas na Base Aérea Akinci em Ancara no dia 15 de julho. Eles foram regatados em 16 de julho.

Ao dar testemunho como parte da investigação sobre o golpe fracassado após a tentativa ter sido frustrada, Akar alegou que o Brigadeiro General Evrim ofereceu colocar ele em contato com Gulen por telefone conforme a tentativa de golpe se desdobrava. Akar disse que Evrim se referiu a Gulen como “nosso líder de opinião”, acrescentando que ele recusou a proposta do brigadeiro general.

Imediatamente após a tentativa de golpe, o governo juntamente ao Presidente Recep Tayyip Erdogan colocou a culpa no movimento Gulen, enquanto que o movimento e Gulen, cujas opiniões inspiraram o movimento, fortemente negam ter qualquer envolvimento com o golpe fracassado.

De acordo com o jornal Sozcu, que obteve uma cópia do testemunho de Evrim, Akar contou aos golpistas que as políticas do governo que levaram à dessatisfação entre os membros do exército turco poderiam ser resolvidas com um consenso entre todos os círculos da sociedade. Akar disse que essas questões poderiam ser resolvidas através de discussões com o antigo presidente Abdullah Gul, o antigo primeiro-ministro Ahmet Davutoglu, partidos de oposição, organizações não governamentais e líderes de opinião na sociedade, de acordo com o testemunho de Evrim.

Em resposta, Evrim disse que contou a Akar que se quisesse conversar com qualquer pessoa que mencionou, tal como Gul, Davutoglu, membros da oposição ou líderes de opinião, ele poderia colocá-lo em contato com eles por telefone.

“Eu nunca ofereci para colocar ele [Akar] em contato com ‘nosso líder de opinião’”, disse Evrim em seu testemunho.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer