Últimas notícias

AKP: Alegações de tortura não serão investigadas se as vítimas forem gulenistas

AKP: Alegações de tortura não serão investigadas se as vítimas forem gulenistas
outubro 03
12:29 2016

Um deputado do Partido da Justiça e do Desenvolvimento (AKP) disse que não haverá investigações sobre alegações de tortura e maltrato de pessoas colocadas na cadeia após a tentativa de golpe de 15 de julho se essas vítimas forem simpatizantes do erudito islâmico turco Fethullah Gulen.

O deputado do AKP Mehmet Metiner, que também é o chefe do subcomitê parlamentar das prisões, disse que não haverá visita oficial àqueles que foram presos sob acusações de filiação à Organização Terrorista Fethullah Gulen (FETO), um termo usado pelo governo turco para descrever o movimento Gulen.

Ele também disse que não haverá investigação alguma sobre as alegações de tortura se as vítimas forem gulenistas.

Metiner criticou o Partido Popular Republicano (CHP), a principal oposição, por trazer alegações de tortura para a pauta do Parlamento. “Ninguém deve tentar fazer propaganda política usando os terroristas da FETO. Eles não são vítimas, mas [aqueles] que transformam outros em vítimas”, disse ele, segundo o portal de notícias na Internet, Duvar.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer