Últimas notícias
  • Mais dois navios com grãos partem da Ucrânia, diz o Ministério da Defesa da Turquia  Mais dois navios transportando grãos que saíram dos portos do Mar Negro da Ucrânia no sábado, disse o Ministério da Defesa da Turquia, elevando para 16 o número total de navios a sair do país sob um acordo entre a ONU e a Turquia. ...
  • [ANÁLISE] Erdoğan aumenta o domínio sobre as TSK para facilitar a colaboração com regimes autoritários  O mundo está evoluindo de uma ordem mundial unipolar dominada por um único poder para um sistema político multipolar no qual mais de um poder luta pelo domínio. Na atual luta de grandes potências, o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan acredita que pode manter seu poder político aliando-se à Rússia, China e Irã. Após sua reunião bilateral com o presidente russo Vladimir Putin em Sochi em 5 de agosto, Erdoğan disse aos repórteres que Putin o havia convidado para uma reunião da Organização de Cooperação de Xangai (SCO) a ser realizada no Uzbequistão de 16 a 18 de setembro de 2022. Como o Erdoğan explica que, como presidente de um país membro da OTAN, ele possa participar de uma reunião da SCO, que reúne regimes autoritários? Qual é a conexão entre a estreita cooperação do Erdoğan com os regimes autoritários e os regulamentos que levaram ao domínio do Erdoğan sobre as Forças Armadas Turcas (TSK) após uma tentativa de golpe na Turquia em 15 de julho de 2016? ...
  • “Eles estão nos matando”: Migrantes presos em uma pequena ilha pedem ajuda A organização AGreek de direitos humanos tem chamado as autoridades para ajudar dezenas de migrantes e requerentes de asilo que dizem ter ficado presos em uma pequena ilha fluvial na fronteira entre a Grécia e a Turquia. O Conselho Grego de Refugiados disse à CBS News que o contato com o grupo foi perdido na quarta-feira depois que uma jovem entre o povo desesperado foi alegadamente morta por um escorpião esta semana. ...
  • Envolvimento da Turquia com o Afeganistão cresceu desde a tomada do Talibã Enquanto muitos países cortaram os laços diplomáticos com o Afeganistão após o retorno do Talibã ao poder no ano passado, a Turquia, o único membro da OTAN com presença diplomática no país devastado pela guerra, tem sido ativa em muitas frentes. ...
  • Menino britânico, quatro anos, desaparece depois de viajar para a Turquia com sua mãe  Um menino britânico de quatro anos foi dado como desaparecido após viajar para a Turquia com sua mãe. Acredita-se que George Jack Temperley-Wells tenha viajado de Darlington para a região de Antalya com sua mãe, Brogan Elizabeth Temperley, em 29 de junho deste ano. ...
  • 69,3% dos turcos que lutam para pagar por alimentos, diz pesquisa A maioria das pessoas na Turquia está lutando para pagar pelos alimentos, uma vez que o aumento do custo de vida está afetando sua renda, informou a Turkish Minute, citando os resultados de uma pesquisa realizada pelo Centro de Pesquisa Social Yöneylem. ...
  • Turquia acatou a sentença do TEDH sobre Kavala, argumenta o ministro da justiça Ao contrário do que o Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) disse em um julgamento no mês passado, o ministro da justiça da Turquia, Bekir Bozdağ, argumentou que os tribunais...
  • Navio com grãos ucranianos recusados pelo Líbano atraca na Turquia Um navio com milho ucraniano, anteriormente rejeitado por um comprador no Líbano devido a "violação das condições de entrega" atracou no porto de Mersin, na Turquia. ...
  • Bancos turcos adotando o sistema de pagamentos russo Cinco bancos turcos assumiram o sistema de pagamentos russo conhecido como Mir, disse no sábado o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan, após suas conversas com o presidente Vladimir Putin no resort do Mar Negro de Sochi.  ...
  • Putin tem a chave para a reeleição de Erdoğan, diz o analista russo O contínuo apoio político e financeiro do presidente russo Vladimir Putin é necessário para que o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan ganhe a reeleição no próximo ano, disse um importante analista russo na segunda-feira, refletindo sobre uma reunião entre eles em Sochi, Rússia, que gerou alarme nas capitais ocidentais. ...

“Turquia está se distanciando do bloco ocidental” diz jornalista turco

“Turquia está se distanciando do bloco ocidental” diz jornalista turco
setembro 13
14:54 2016

1. Quais são os riscos para a estrutura secular da Turquia com o governo de um presidente que se aproxima cada vez mais da religião?

A Turquia está passando por momentos parecidos com a revolução iraniana de 1979. O estado secular está sendo reformado pelo poder executivo com um olhar islamista mais pragmatista. O maior risco desta conversão é abrir espaço para uma onda de radicalização. A propaganda islamista do governo pode resultar na formação dos novos grupos radicais ou expansão dos que já existem. Por outro lado, a sua integração ao mundo ocidental fez a Turquia ser vista como um modelo para outros países muçulmanos. Hoje ela perdeu este título e está se tornando um país típico do Oriente Médio. A rota que a Turquia escolheu tem o mesmo destino que a do Paquistão. No final, como uma consequência, esta mudança pode aumentar a busca de Erdogan por liderança sobre os países muçulmanos. Recentemente países sunitas da região formaram uma aliança militar contra o Estado Islâmico. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Alian%C3%A7a_Militar_Isl%C3%A2mica) No futuro, esta aliança pode se desviar do seu motivo inicial e se tornar um bloco contra o Irã, algo que pode criar o risco de uma guerra de religiosa entre as divisões do Islã.

2. Como isso pode afetar a relação da Turquia com os países da União Europeia?

A chance de adesão da Turquia à União Europeia foi zerada após o contragolpe do governo turco. Há alguns anos, a UE tolerava a tendência autoritária do Erdogan devido à questão dos refugiados sírios. Hoje os lideres europeus o criticam duramente e adotaram uma postura mais rígida contra sua candidatura. Aliás, Erdogan tinha declarado que deseja entrar para a Organização para Cooperação de Xangai (OCX). Erdogan está reconstruindo relações com a Rússia e enviando mensagens para a UE para mostrar que, quando quiser, pode trocar seu parceiro politico e econômico. Isso ainda é uma chantagem e uma questão de barganha. Mas temos certeza de que hoje a Turquia está se distanciando do bloco ocidental e está se aproximando do bloco Eurásia, cujos principais autores são Rússia e China.

3. Erdogan é bem popular. Você acredita que a aprovação da população reflete o desejo por um país religioso?

Após a queda do Império Otomano, o estado secular da Turquia foi fundado por Ataturk e seus companheiros em 1923, com a ideia de ocidentalizar o país. Para manter esta ideia em funcionamento, durante os 90 anos da república, todos os grupos religiosos sofreram pressão e foram perseguidos pela força do estado representada pelos militares e burocratas kemalistas. Erdogan nasceu dentro desse cenário político, com a promessa e expectativa de acabar com a tutela militar no país e levantar a bandeira dos islamistas. Por isso ele recebeu um apoio popular. Ele consegui vencer a tutela militar em 2010, através de um referendo, fazendo com que os militares golpistas fossem presos. A história deveria ter acabado neste ponto e o país deveria ter encontrado o paz. Mas infelizmente Erdogan preferiu centralizar o poder e criar uma nova Turquia, baseada no Islã politizado, seguindo a mesma estratégia do Ataturk. Para conseguir realizar isto, ele apresenta todos seus adversários como inimigos do Islã, e ele como o defensor dela. Então o povo em geral não deseja um país islâmico, mas o que vem acontecendo é um puro abuso da religião pelos políticos.

4. Qual é a sua opinião sobre os esforços do Milli Gorus para manter o estado e a religião islâmica trabalhando juntos?

Quando política e religião se misturam, as duas sofrem, mas a religião sofre mais. O Islã é uma religião. Não é uma ideologia política. O Islã não especifica uma forma de governo, mas oferece princípios para orientar qualquer governo. São princípios como a proteção à vida, à religião, à saúde mental e física, à família, à propriedade e às liberdades básicas. Então o que importa mais não é o sistema de governança, mas a qualidade dos governantes segundo o aspecto humano e a aplicação da justiça quando estiver no poder.

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer