Últimas notícias
  • Elogiar o movimento Hizmet antes da tentativa de golpe de 2016 não é crime, diz o TEDH O Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) penalizou na Turquia por violar o direito à liberdade de expressão de um ex-professor, afirmando que os comentários públicos a favor do movimento Hizmet feitos antes de uma tentativa de golpe em julho de 2016 não constituem um crime, informou a mídia local na terça-feira....
  • Perguntas de coletiva de imprensa para Erdoğan vazadas com antecedência por jornal O presidente turco Recep Tayyip Erdoğan recebeu uma lista de perguntas em uma coletiva de imprensa na segunda-feira, que foram exatamente as mesmas perguntas vazadas anteriormente por um jornal, reforçando as alegações de que os jornalistas não são livres para perguntar ao presidente o que quiserem....
  • Conselho da Europa deve disciplinar a Turquia sobre ativista preso O Conselho da Europa disse na sexta-feira que vai lançar uma ação disciplinar contra a Turquia por se recusar a libertar o proeminente ativista e filantropo Osman Kavala, desencadeando um procedimento usado apenas uma vez na história da organização....
  • Por que a queda da moeda turca não preocupa Erdogan A moeda nacional da Turquia caiu 45% em relação ao dólar este ano e, no entanto, o Presidente Recep Tayyip Erdogan não parece ter se incomodado com isso....
  • CoE insta “fortemente” as autoridades turcas a liberar Demirtaş O Comitê de Ministros do Conselho da Europa adotou na quinta-feira uma resolução provisória "instando fortemente" as autoridades turcas a assegurar a libertação imediata do líder curdo preso Selahattin Demirtaş....
  • A crise monetária da Turquia Após a demissão do ministro das finanças e sua substituição por um lealista em 2 de dezembro, a lira turca continuou seu declínio constante em relação ao dólar, elevando suas perdas do ano para quase 50%. A moeda turca está novamente sob ataque especulativo, semelhante aos episódios anteriores em julho de 2018 e outubro de 2020. Os cortes antecipados do Banco Central da República da Turquia (CBRT) na taxa de câmbio desde setembro resultaram em um êxodo de capital estrangeiro e em uma corrida na demanda por divisas entre os investidores domésticos. Enquanto isso, os preços globais de commodities e energia permanecem altos (apesar da recente queda nos preços do petróleo), e as expectativas em relação à inflação se deterioraram significativamente, levando a taxa de câmbio TL a cair de 8,30 para 13,60 para o dólar em menos de três meses....
  • Turquia aumentará sua presença na INTERPOL, diz membro recém-eleito do Comitê Executivo A Turquia aumentará sua presença na INTERPOL aumentando seu número de oficiais de ligação na Secretaria Geral e nomeando mais candidatos para cargos superiores dentro da organização, disse na quinta-feira Selçuk Sevgel, membro recém-eleito do Comitê Executivo da INTERPOL, em entrevista à agência estatal de notícias Anadolu, informou o Stockholm Center for Freedom....
  • Papa pede por cura em um Chipre dividido, arcebispo ortodoxo ataca a Turquia Papa encontra os líderes cristãos ortodoxos de Chipre. Pede por cura na ilha dividida. Líder cipriota turco convida papa a visitar o norte. Muitos dos participantes da missa são filipinos que trabalham no Chipre...
  • Ministro das finanças da Turquia, Lutfi Elvan, demite-se em meio à crise monetária O Ministro das Finanças e do Tesouro da Turquia, Lutfi Elvan, renunciou em meio a uma forte queda da lira turca, de acordo com um decreto presidencial emitido no jornal oficial turco na quinta-feira....
  • Documentário sobre femicídios na Turquia é a indicação ao Oscar do Reino Unido Um documentário relatando os esforços dos ativistas que trabalham para acabar com a violência contra as mulheres na Turquia foi escolhido como a entrada oficial do Reino Unido para a categoria de Melhor Longa Metragem Internacional no Oscar....

“Turquia está se distanciando do bloco ocidental” diz jornalista turco

“Turquia está se distanciando do bloco ocidental” diz jornalista turco
setembro 13
14:54 2016

1. Quais são os riscos para a estrutura secular da Turquia com o governo de um presidente que se aproxima cada vez mais da religião?

A Turquia está passando por momentos parecidos com a revolução iraniana de 1979. O estado secular está sendo reformado pelo poder executivo com um olhar islamista mais pragmatista. O maior risco desta conversão é abrir espaço para uma onda de radicalização. A propaganda islamista do governo pode resultar na formação dos novos grupos radicais ou expansão dos que já existem. Por outro lado, a sua integração ao mundo ocidental fez a Turquia ser vista como um modelo para outros países muçulmanos. Hoje ela perdeu este título e está se tornando um país típico do Oriente Médio. A rota que a Turquia escolheu tem o mesmo destino que a do Paquistão. No final, como uma consequência, esta mudança pode aumentar a busca de Erdogan por liderança sobre os países muçulmanos. Recentemente países sunitas da região formaram uma aliança militar contra o Estado Islâmico. (https://pt.wikipedia.org/wiki/Alian%C3%A7a_Militar_Isl%C3%A2mica) No futuro, esta aliança pode se desviar do seu motivo inicial e se tornar um bloco contra o Irã, algo que pode criar o risco de uma guerra de religiosa entre as divisões do Islã.

2. Como isso pode afetar a relação da Turquia com os países da União Europeia?

A chance de adesão da Turquia à União Europeia foi zerada após o contragolpe do governo turco. Há alguns anos, a UE tolerava a tendência autoritária do Erdogan devido à questão dos refugiados sírios. Hoje os lideres europeus o criticam duramente e adotaram uma postura mais rígida contra sua candidatura. Aliás, Erdogan tinha declarado que deseja entrar para a Organização para Cooperação de Xangai (OCX). Erdogan está reconstruindo relações com a Rússia e enviando mensagens para a UE para mostrar que, quando quiser, pode trocar seu parceiro politico e econômico. Isso ainda é uma chantagem e uma questão de barganha. Mas temos certeza de que hoje a Turquia está se distanciando do bloco ocidental e está se aproximando do bloco Eurásia, cujos principais autores são Rússia e China.

3. Erdogan é bem popular. Você acredita que a aprovação da população reflete o desejo por um país religioso?

Após a queda do Império Otomano, o estado secular da Turquia foi fundado por Ataturk e seus companheiros em 1923, com a ideia de ocidentalizar o país. Para manter esta ideia em funcionamento, durante os 90 anos da república, todos os grupos religiosos sofreram pressão e foram perseguidos pela força do estado representada pelos militares e burocratas kemalistas. Erdogan nasceu dentro desse cenário político, com a promessa e expectativa de acabar com a tutela militar no país e levantar a bandeira dos islamistas. Por isso ele recebeu um apoio popular. Ele consegui vencer a tutela militar em 2010, através de um referendo, fazendo com que os militares golpistas fossem presos. A história deveria ter acabado neste ponto e o país deveria ter encontrado o paz. Mas infelizmente Erdogan preferiu centralizar o poder e criar uma nova Turquia, baseada no Islã politizado, seguindo a mesma estratégia do Ataturk. Para conseguir realizar isto, ele apresenta todos seus adversários como inimigos do Islã, e ele como o defensor dela. Então o povo em geral não deseja um país islâmico, mas o que vem acontecendo é um puro abuso da religião pelos políticos.

4. Qual é a sua opinião sobre os esforços do Milli Gorus para manter o estado e a religião islâmica trabalhando juntos?

Quando política e religião se misturam, as duas sofrem, mas a religião sofre mais. O Islã é uma religião. Não é uma ideologia política. O Islã não especifica uma forma de governo, mas oferece princípios para orientar qualquer governo. São princípios como a proteção à vida, à religião, à saúde mental e física, à família, à propriedade e às liberdades básicas. Então o que importa mais não é o sistema de governança, mas a qualidade dos governantes segundo o aspecto humano e a aplicação da justiça quando estiver no poder.

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer