Últimas notícias

Empresas turcas “ligadas a Gulen” têm bens apreendidos

Empresas turcas “ligadas a Gulen” têm bens apreendidos
agosto 25
17:58 2016

A Turquia ordenou a apreensão de bens de 187 empresas com suspeitas de ligação com o Movimento Hizmet e Fethullah Gulen.

A polícia lançou uma operação de larga escala em Istambul, a capital econômica a país, e em outras províncias contra empresas que pertencem a empresários com suspeitas de ligações ao erudito turco islâmico Gulen, a maior repressão contra empresas desde a tentativa fracassada de golpe em 15 de julho.

Promotores emitiram mandatos de prisão para 187 suspeitos, incluindo os CEOs de empresas líderes, com o Gabinete do Principal Promotor de Istambul ordenando a apreensão de seus bens.

Sessenta dos suspeitos foram detidos, a agência de notícias particular Dogan reportou.

Em uma operação similar no começo da semana passada, a polícia fez batidas em dezenas de empresas em Istambul e deteu cerca de 100 pessoas.

A mídia local disse que aproximadamente 1.000 policiais participaram em batidas em 204 localidades de 18 províncias, que incluíam operações simultâneas em cerca de 100 endereços de vários distritos de Istambul.

As batidas foram direcionadas a grandes companhias como, por exemplo, as lojas de roupas do grupo Aydinli, o grupo de baklavas Gulluoglu, o Boydak Holding e a empresa de modas Eroglu Holding.

Os suspeitos são acusados de “filiação em uma organização terrorista” e “financiar as atividades” de Gulen.

Fonte: www.turkishminute.com

Artigos relacionados

0 Comentários

Nenhum comentário ainda!

Não há comentários no momento, gostaria de adicionar um?

Escreva um comentário

Escreva um comentário

Deixe uma resposta

Mailer